Laboratório de Coimbra lança concurso para criação de soluções tecnológicas

O laboratório de inovação (Fikalab) da empresa tecnológica Critical Software promove a primeira edição de uma competição que estimula à criação de soluções inovadoras com impacto em Coimbra, que utilizem o paradigma Internet of Things (IoT).

“A Internet of Things tem um grande potencial de impacto e o Fikalab tem vindo a desenvolver soluções neste âmbito há vários anos. Esta iniciativa vem impulsionar o crescimento da sua utilização na cidade de Coimbra”, refere uma nota da empresa sediada em Coimbra enviada à agência Lusa.

As 10 melhores ideias da competição Future City Challenge – Coimbra, cujas candidaturas decorrem até final de maio, recebem um prémio de 250 euros e serão convidadas a desenvolver um protótipo que será, posteriormente, apresentado a um júri.

A ideia que mais se destacar será conhecida a 23 de julho e receberá um prémio no valor de 5.000 euros.

“Existe um grande talento português para o desenvolvimento de projetos tecnológicos e, tendo estas premissas como pontos de partida, o nosso objetivo com o concurso é, precisamente, desafiar a criar ideias inovadoras que possam ter um impacto positivo na cidade”, refere Bernardo Patrão, Diretor de Inovação da Critical Software.

Desde a monitorização de transportes, da qualidade de ar ou do ruído, são várias as áreas nas quais as soluções poderão focar-se, segundo o responsável.

“Apenas a imaginação é o limite para construir cidades cada vez mais inteligentes e sustentáveis”, salienta Bernardo Patrão.

Apoiadas com a mentoria da equipa do Fikalab, as equipas selecionadas vão desenvolver durante cerca de um mês os seus protótipos, tirando partido da The Things Network, uma rede sem fios de longo alcance LoRaWAN (Long-range Wide Area Network) com uma cobertura significativa em Coimbra e apropriada para projetos IoT.

“Estamos preparados para prestar todo o apoio aos participantes do concurso, com quem queremos, acima de tudo, partilhar a cultura de inovação do Fikalab e mostrar como as soluções tecnológicas que vão desenvolver podem trazer melhorias significativas à cidade”, refere Bernardo Patrão.

Segundo o comunicado, o Future City Challenge – Coimbra reflete a cultura da Critical Software de incentivo ao desenvolvimento de projetos com impacto positivo na sociedade.

A iniciativa vai ser desenvolvida em parceria com a Câmara Municipal de Coimbra, o Centro de Ecologia Funcional e o Instituto de Sistemas e Robótica da Universidade de Coimbra, a Escola Superior Agrária e o Instituto Superior de Engenharia do Politécnico de Coimbra.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...