Juiz ordena libertação imediata de Lula da Silva

O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, autorizou, esta sexta-feira, a libertação imediata de Lula da Silva da prisão. O ex-presidente do Brasil vai aguardar o julgamento em liberdade.

A decisão do juiz federal Danilo Pereira Junior acontece um dia depois de o Supremo Tribunal Federal ter barrado a continuação da detenção.

Com seis votos favoráveis e cinco contra, o tribunal alterou uma decisão de 2016, decretando que ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (ou seja, quando já terminaram todas as hipóteses de recurso).

O ex-chefe de Estado brasileiro, recorde-se, está preso desde abril do ano passado. Lula foi  preso após ter sido condenado em segunda instância pelo Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), num processo sobre a posse de um apartamento de luxo na cidade do Guarajá, que os procuradores alegam ter sido dado como suborno em troca de vantagens em contratos com a estatal petrolífera Petrobras pela construtora OAS.

A Operação Lava-Jato, maior operação contra a corrupção no Brasil, sofre assim um forte abalo, uma vez que 38 condenados poderão vir a ser soltos. No total, a nova decisão abre caminho para libertar cerca de 5.000 réus, segundo o Conselho Nacional de Justiça brasileiro.

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar