Já conhece a Mastodon? Saiba tudo sobre a rede social para onde os utilizadores do Twitter estão a fugir

Enquanto todos estamos distraídos com as aventuras de Elon Musk pelo mundo do Twitter uma nova rede social de sucesso parece estar a aparecer, a Mastodon.

Esta rede social não é nova, dado que já existe há seis anos na internet, mas apenas com uma presença simbólica. Com a recente compra do Twitter e a fuga de utilizadores para outras redes sociais, rapidamente se tornou num fenómeno de massas.

Mas o que se pode fazer nesta rede social? A Mastodon tem um estilo semelhante ao Twitter, com toots em vez de tweets e boosts em vez de retweets, assim como as menções, hashtags e um feed cronológico. A rede social permite a escrita de até 500 caracteres em cada publicação e apresenta uma cronologia sem algoritmos ou anúncios.

Além disso, destaca-se o facto de ser uma rede social de código aberto e descentralizada que existe numa realidade designada por Fediverse, que é, segundo um vídeo introdutório dos próprios, um lugar onde “não existe nenhuma pessoa ou empresa proprietária da rede”.

A Mastodon é dividida em instâncias ou servidores, que representam comunidades, e cada uma é um espaço diferente gerido pelos seus utilizadores e com a sua própria cronologia. Assim, ao contrário do que acontece no Twitter, onde todos os utilizadores vão dar às mesmas páginas, na Mastodon os utilizadores apenas acedem às comunidades em que estão inseridas.

A rede social compara as instâncias a domínios de endereços de e-mail como o Gmail ou o Outlook. Ou seja, os utilizadores escolhem o seu servidor ou instância, mas podem interagir com pessoas em outros servidores, desde que saibam o seu endereço. Há vários servidores diferentes disponíveis para escolher, mas qualquer pessoa pode criar o seu próprio servidor e ter as suas próprias regras.

Isto significa ainda que cada servidor lida com a sua própria moderação, permitindo uma abordagem do conteúdo mais local e orientada para a comunidade. Desta forma, cada pessoa deve entrar em servidores com regras com as quais concordem.

Mastodon é o nome em inglês para o animal mastodonte, um mamífero, parecido com o elefante e com os mamutes, que tem dois grandes dentes no maxilar superior e é a isso que está associado o logo da nova plataforma.

Sublinha-se que desde que Elon Musk tomou conta do Twitter, muitos dos seus 258 milhões de utilizadores procuraram abandonar a plataforma e partir para outras opções, sendo esta a que mais se destacou. A Mastodon tem até agora 6 milhões de contas (3,6 milhões ativas, segundo dados de 20 de novembro).

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.