Indra quer aumentar objetivos de EBIT e Free Cash Flow para cerca de 10% até ao final de 2021

O resultado líquido da Indra ascendeu os 55 milhões de euros. O EBIT reportado situou-se nos 100 milhões de euros.
Para Cristina Ruiz e Ignacio Mataix, Chief Executive Officers da Indra, com estes números, “apesar de ainda existirem algumas incertezas quanto à contenção da pandemia, o bom desempenho do primeiro semestre do ano permite-nos aumentar as nossas metas anuais de EBIT e Cash Generation para 2021”.
Assim, a empresa acredita que é possível aumentar os objetivos de EBIT e Free Cash Flow para cerca de 10%, até ao final de 2021.
“Os resultados do primeiro semestre de 2021 já confirmam a clara ultrapassagem das receitas e dos níveis de margem direta de 2019, antes da pandemia, tanto no Minsait como nos Transport & Defence”, defendem os executivos.
O fluxo de caixa gerado no primeiro semestre de 2021 foi de -25 milhões de euros (excluindo o pagamento de 25 milhões do plano de restruturação de recursos humanos) em comparação com -88 milhões nos primeiros seis meses de 2020.
Por fim, a atividade comercial continuou a evoluir positivamente.


Comentários
Loading...