Imobiliário cresce no Porto: Baixa e centro histórico com 286 transações e 86 milhões no primeiro semestre

As Áreas de Reabilitação Urbana (ARUs) da Baixa e do Centro Histórico do Porto registaram 286 transações de aquisição de imóveis no primeiro semestre de 2021. Isto traduz-se num investimento de 86 milhões de euros e representa um aumento de 40% face ao semestre anterior.

Os dados divulgados esta quinta-feira pela Confidencial Imobiliário dão ainda conta que a evolução neste segundo semestre de 2021 é de 14%.

“Esta recuperação do investimento imobiliário na Baixa e do Centro Histórico acontece num contexto de quebra de atividade no agregado das nove ARUs, o que resultou num reforço da quota deste território central no mapa de investimento da cidade”, explica em comunicado.

De sublinhar ainda que as duas ARUs, Baixa e centro histórico, registavam no 2º semestre de 2020 uma quota de 38% do montante de investimento contabilizado nas nove ARUs, peso que evolui agora para 49%, semelhante ao observado no final de 2019.

No primeiro semestre o montante investido em imobiliário nas nove ARUs do Porto ascendeu a €175,3 milhões de euros, contabilizando 680 operações.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.