Iberdrola supera Endesa com plano de investimento de fundos europeus de 30 mil milhões

No final de abril, a Endesa afirmava estar disponível para mobilizar 23,3 mil milhões de fundos europeus, após ter revisto o portefólio de projetos a apresentar aos fundos de Recuperação, Transformação e Resiliência. Na altura, apresentava-se como a energética com a maior proposta em termos de valor, mas agora é ultrapassada pela Iberdrola.

A rival espanhola anuncia que aumentou de 21 para 30 mil milhões de euros o plano de investimento apresentado aos mesmos fundos da União Europeia, também conhecidos como Next Generation. Segundo avança o jornal Expansión, a Iberdrola pretende investir este valor em 175 projetos.

Recorde-se que os fundos Next Generation consistem num plano de incentivos tendo em vista a recuperação da economia da União Europeia, na sequência da pandemia de Covid-19 e da crise provocada pelo vírus. No caso de Espanha, está prevista a alocação de 140 mil milhões do total de cerca de 750 mil milhões disponíveis e as empresas energéticas estão apostadas em conquistar fatias significativas do montante destinado ao país.

A intenção de Bruxelas é assegurar o investimento de projetos que contribuam para a criação de emprego e para o nascimento de novos negócios, sendo que parte dos fundos é a fundo perdido e outra parte chega sob a forma de linha de crédito.

Quanto à aplicação dos fundos, a Endesa propõe investir em Espanha e em Portugal, ao passo que a Iberdola não apresenta planos concretos para o mercado vizinho. De acordo com a mesma publicação, a Iberdrola desenhou, porém, projetos com outras empresas, nomeadamente Volkswagen-SEAT.



Comentários
Loading...