Huawei pagou 860 mil euros ao lobista de Washington Tony Podesta

A Huawei pagou ao democrata Tony Podesta cerca de 860.000 euros (1 milhão de dólares) para fazer lobby junto do governo de Biden em seu nome, o dobro do que o lobista revelou publicamente ter feito, segundo duas pessoas próximas do assunto, citadas pela ‘Reuters’.

Este mês, o proeminente lobista de Washington divulgou um pagamento de 430,82 euros (500.000 dólares) da Huawei num relatório de lobby relativo ao terceiro trimestre.

Contudo, Podesta terá recebido no total 860.000 euros (1 milhão de dólares) em parcelas entre junho e setembro, de acordo com as mesmas fontes, que se recusam a revelar a sua identidade dado que a informação não é pública.

Até ao momento, a Huawei não respondeu a um pedido de comentário da parte da ‘Reuters’.

Podesta é irmão de John Podesta, que foi presidente da campanha presidencial da candidata democrata Hillary Clinton e assessor sénior da Casa Branca de Barack Obama.

Ele fez lobby junto da Casa Branca em nome da Huawei durante as negociações entre o Departamento de Justiça e o CFO Meng da Huawei, que resultaram num acordo no mês passado para encerrar um caso de fraude bancária.

Advogados consultados pela Reuters disseram que o Lobbying Disclosure Act exige que o pagamento seja divulgado para o trimestre em que o trabalho foi feito, o que significa que se Podesta fizer lobby pela Huawei nos últimos três meses do ano, o mesmo estará em conformidade.

Contudo, os mesmos sublinham que é pouco comum uma empresa pagar antecipadamente a um lobista externo para trabalhos futuros, como a Huawei terá feito neste caso.

Podesta deixou a sua empresa de lobby, Podesta Group quando os investigadores se debruçavam sobre os laços da sua empresa com o ex-gestor de campanha de Trump, Paul Manafort, que foi condenado por fraude bancária e fiscal, tendo sido posteriormente perdoado.

No seu relatório de lobby do terceiro trimestre para a Huawei, Podesta apresentou “questões relacionadas com serviços de telecomunicações e questões comerciais” como assuntos relacionados com negociações com a Casa Branca.

Este ano, a Huawei já gastou cerca de 2,95 milhões de euros (3,42 milhões de dólares) com lobistas internos e externos, segundo dados federais.

 

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.