Huawei Mate 30 Pro já foi lançado em Espanha mas com restrições

A Huawei lançou ontem em Espanha o telefone Mate 30 Pro, que já sofre as consequências das restrições americanas para a marca chinesa. A empresa, apontada por Donald Trump como uma “ameaça à segurança”, limitou as aplicações do Google no sistema operativo Android da empresa californiana.

Desta forma, o Mate 30 Pro chegou a Espanha sem os serviços da Google. O seu sistema operativo é o Android, mas numa versão especial focada nos serviços alternativos da fabricante chinesa.

O lançamento, condicionado por esse conflito internacional, coincidiu com uma nova extensão do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, que permitiu às empresas americanas manter outros três meses de relações comerciais com a Huawei.

Com essa extensão de 90 dias, a Huawei descarta o veto, que era para ter sido aplicado hoje pelos fornecedores norte-americanos. O Google, com o seu sistema operativo Android, e fornecedores de componentes como Intel, Xilinx e Broadcom ainda podem fazer negócios com a Huawei.

Apesar da restrição, a empresa aumentou a faturação (24,4% na comparação anual de Janeiro a Setembro) e ganhou uma participação na venda de smartphones, expandindo a sua vantagem sobre a Apple, precisamente de origem norte-americana.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
As ideias (brilhantes) da Skoda