H&M e Ikea financiam construção de fábrica que vai produzir fibra têxtil sustentável

A TreeToTextile, uma empresa detida pelo grupo florestal Stora Enso, pela marca de roupa H&M e pela marca de mobiliário IKEA, afirmou esta terça-feira que está prevista a construção de uma fábrica, na Suécia, para uma nova fibra têxtil à base de madeira, mais sustentável.

Para reduzir acentuadamente a pegada climática e a poluição, as grandes marcas de vestuário e de mobiliário necessitam urgentemente de alternativas mais ecológicas e acessíveis ao algodão, à viscose tradicional e ao poliéster.

Neste sentido, vários fabricantes, como é o caso da H&M e do IKEA, fazem parte de projetos que desenvolvem novas formas mais sustentáveis de transformar árvores em fibra têxtil.

A TreeToTextile informou que a sua fábrica terá uma capacidade de produção de 1500 toneladas e que os seus proprietários vão financiar a maior parte dos 35 milhões de euros do investimento.

“O novo processo foi deliberadamente concebido para ter uma baixa procura de energia e baixa necessidade química. Foi concebido para se adequar à produção em grande escala e inclui um sistema de recuperação para a reutilização de produtos químicos”, afirmou a empresa citada pela Reuters.

“Ao investir numa fábrica de demonstração, estamos finalmente no caminho certo. Estamos a transformar anos de investigação e desenvolvimento em realidade, para apoiar a ação climática no mercado têxtil”, acrescentou.

A TreeToTextile, cujo quarto proprietário é o inovador Lars Stigsson, disse ainda que a fábrica estará localizada nas instalações da unidade Nymolla da Stora Enso, na Suécia, e que a sua construção terá início num “futuro próximo”.

Ler Mais

Comentários
Loading...