Greta Thunberg partilha “meme” do canal do Suez para criticar emissões “ocultas” do comércio global

Greta Thunberg utilizou um «meme» do navio encalhado no Canal do Suez para criticar as emissões “ocultas” do comércio global de fábricas terceirizadas.

A ativista do clima aderiu à tendência dos memes das redes sociais sobre o Ever Given, que causou uma grande perturbação no comércio global depois de se alojar diagonalmente na histórica hidrovia do Egito.

“E caso alguém esteja preocupado com as emissões de navios ‘Evergreen’ como este, que carregam as nossas coisas vindas de fábricas terceirizadas, não se preocupem”, escreveu Greta no Twitter, de forma irónica. “As emissões da aviação internacional e do transporte marítimo são excluídas das nossas estatísticas. Então, em teoria, não existem. É melhor assim, não é?”, acrescentou.

Embora muitas empresas importantes calculem o seu impacto no meio ambiente, as emissões de fornecedores terceirizados e remessas associadas são frequentemente excluídas, pelo que não constam das estatísticas oficiais.

O meme do Canal de Suez é o mais recente de uma longa lista de publicações que tornaram Thunberg popular no online, com Donald Trump a ser um alvo frequente das suas criticas irónicas, antes de a sua conta ser removida pelo Twitter no início deste ano.

O bloqueio do Canal de Suez gerou muita ansiedade económica desde que ficou congestionado há uma semana, fechando uma rota comercial vital entre a China, o Sul da Ásia e a Europa. Estima-se que o impasse na cadeia de abastecimentos que se seguiu, tenha atrasado cerca de sete mil milhões de libras em mercadorias por dia.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...