Governo vai poupar 229 milhões em salários da função pública. Saiba como

O Governo prepara-se para aumentar os salários da função pública. Porém, se o plano passar por utilizar a inflacção deste ano, em vez de a prevista para 2020, o salto deverá ser de apenas 0,4%. Segundo o Jornal de Negócios, a tradição passa por recorrer à inflacção do ano seguinte para negociar com os sindicatos, mas a estratégia utilizada neste momento será outra.

O jornal Expresso, por seu turno, fez as contas e descobriu qual será o impacto desta medida nos cofres públicos: o Governo deverá poupar 229 milhões de euros com a subida dos salários abaixo da inflacção de 2020.

Dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) indicam que a taxa de inflacção média deste ano estará nos 0,4% (valores de Outubro). O Governo, por outro lado, prevê uma inflacção de 1,6% para o próximo ano (esboço do Orçamento de Estado enviado para Bruxelas). Caso fosse este o número seguido para aumentar os salários, os funcionários públicos ganhariam mais e a Administração Pública gastaria mais com despesas de pessoal.

Contactados pelo Expresso, o Ministério das Finanças e o Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública não comentam a questão. Já os sindicatos mostram-se surpreendidos pela possibilidade e dizem que se trata de um insulto.

pub

Artigos relacionados
Comentários
Loading...