pub

Governo mantém até 15 de Julho interdição do desembarque de cruzeiros

O Governo voltar a prorrogar a interdição do desembarque e licenças para terra de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro nos portos nacionais até 15 de Julho, segundo um despacho publicado, esta terça-feira, em Diário da República (DR).

«O presente despacho produz efeitos a partir das 00:00 horas do dia 1 de Julho de 2020 até às 23:59 horas do dia 15 de Julho de 2020, podendo ser prorrogado em função da evolução da situação epidemiológica em Portugal», pode ler-se em DR.

A proibição do desembarque de passageiros de navios de cruzeiro foi determinada, pela primeira vez, a 13 de Março. Este é o terceiro prolongamento da medida.

No preâmbulo do despacho, o Governo diz que a medida «justificou-se como medida de contenção das possíveis linhas de contágio, de modo a controlar a disseminação do vírus SARS-CoV-2 e da doença COVID-19, sendo que a situação epidemiológica, quer em Portugal, quer noutros países, não se mostra ainda totalmente controlada». Constata, igualmente, que «a experiência internacional demonstra o elevado risco decorrente do desembarque de passageiros e tripulações dos navios de cruzeiro».

pub

Comentários
Loading...