Gigante de luxo LVMH compra 50% da empresa de champanhe de Jay-Z

A Armand de Brignac é a mais recente aposta da LVMH. A gigante de luxo, que detém marcas como a Louis Vuitton, fechou negócio com a empresa de champanhe do rapper Jay-Z tendo em vista a expansão da marca a nível global. Em comunicado reportado pelo Financial Times, Jay-Z informa que vendeu 50% da sua empresa à Moet Hennessy (LVMH), sem divulgar o valor da operação.

Segundo o músico, a Moet Hennessy é o parceiro natural para levar a Armand de Brignac para o próximo nível, tanto em termos de sabor como de distribuição. «Queremos que a marca dure mais do que todos nós», afirmou Jay-Z.

Citado pelo Financial Times, o também empresário garante que esta não é apenas uma marca fundada por uma celebridade. Jay-Z acredita que a base de fãs e consumidores foi sendo construída progressivamente através do passa-a-palavra, ou seja, recomendações de quem provou e gostou. «Se esta fosse uma marca de celebridade, eu teria estado em cartazes», sublinhou ainda o responsável, acrescentando que a fama nunca foi utilizada para vender garrafas.

Ainda assim, o factor celebridade poderá ter algum peso na decisão da LVMH, que recentemente abandonou uma parceria de moda com a cantora Rihanna mas garantiu continuar a apoiá-la na área da cosmética e lingerie.

Para a Armand de Brignac, o plano é simples: «Nos próximos anos, podemos aumentar o volume devido aos 1.600 hectares de vinha da Moet Hennessy», explica Phillippe Schaus, CEO da Moet Hennesy, em declarações reportadas pelo Financial Times.


Comentários
Loading...