Garcia de Orta: Governo obriga médicos de família a fazer horas extra

O Ministério da Saúde vai obrigar os médicos de família a realizar horas extraordinárias, em alternativa ao encerramento do Serviço de Urgência de Pediatria do Hospital Garcia de Horta (HGO), em Almada.

De acordo com um comunicado do Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS), esta medida vai ser aplicada por tempo indeterminado “para dar resposta à época de contigência do frio e encerramento da urgência pediátrica do HGO durante o período noturno”.

Uma medida que não é bem vista pelo SMZS que fala em “desrespeito pelos profissionais de saúde”.  Adianta ainda que os médicos foram informados desta alteração esta sexta-feira, sendo que, na próxima segunda-feira já terão de dar início ao trabalho extraordinário.

O Sindicato vai mais longe e diz que “condena esta atitude” do Governo, que retrata a desorganização do Serviço Nacional de Saúde.

 

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
As ideias (brilhantes) da Skoda