pub

G20 reúne hoje à procura de uma só base para recuperação sustentável

A cimeira de líderes do G20 deste fim de semana vai procurar lançar as bases para uma recuperação mais sustentável para sair da atual crise económica provocada pela pandemia, segundo avançou o Governo da Arábia Saudita, atual presidente do grupo.

“A próxima cimeira de líderes do G20 procurará reforçar a cooperação internacional para apoiar uma recuperação económica global e estabelecer uma base sólida para um crescimento forte, sustentável, equilibrado e inclusivo”, disse o ministro das Finanças saudita, Mohamed bin Abdullah al Jadaan, em comunicado, aquando do anúncio o encontro.

“Temos uma oportunidade de recuperar desta pandemia de uma forma mais forte e sustentável, com maior inclusão social e económica”, acrescentou Al Jadaam, cujo país detém a presidência rotativa do grupo este ano e está a organizar a cimeira virtual.

O comunicado da presidência recordou que este ano os países do G20 injetaram mais de 11 biliões de dólares na economia global para contrariar os efeitos da pandemia da covida-19 e atribuíram mais 21 mil milhões de dólares para preencher as lacunas financeiras na saúde, para melhor responder à propagação do novo coronavírus.

A mensagem também destacou o lançamento da Iniciativa de Suspensão da Dívida para os países mais pobres do mundo, que lhes proporcionou, afirma, 14 mil milhões de dólares para enfrentar a crise sanitária, além de 75 mil milhões de dólares fornecidos pelos bancos de desenvolvimento multilateral.

Estas medidas irão ajudar, disse Al Yadaam, “a moldar um mundo melhor pós-covid-19”.

O G20 compreende a Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Alemanha, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Rússia, África do Sul, Coreia do Sul, Turquia, Reino Unido, Estados Unidos e União Europeia, sendo a Espanha um país convidado permanente.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...