Fundação Galp atribui bolsas de estudo em Moçambique

A Fundação Galp atribuiu bolsas de estudo a 103 crianças de Moçambique. Os contemplados com as bolsas vão poder frequentar a 8.ª classe pela primeira vez na escola de Natoa, na província de Nampula, estando assegurado material escolar, uniformes e custos de matrícula.

A atribuição das bolsas faz parte do projecto “Educar para o Futuro”, uma parceria estabelecida entre a Fundação Galp e a Associação Helpo. O plano traçado envolve ainda a doação de 57 bicicletas e 100 mochilas com material escolar a jovens carenciados da mesma província moçambicana.

«Ao apostar na educação, estamos a potenciar a transformação e o futuro destas crianças, mas também o futuro e o desenvolvimento do próprio país», comenta Joana Garoupa, directora-geral da Fundação Galp.

Até 2021, o projecto “Educar para o Futuro” prevê apoiar 22 escolas e dois orfanatos de Moçambique mas também São Tomé e Príncipe. O objectivo é que a iniciativa chegue a perto de 11.400 alunos, 300 pais e 90 professores, somando 675 bolsas de mérito entregues bem como mais de 3600 kits nutricionais.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
WPP vende 60% da Kantar
Automonitor
Ensaio: Mercedes-AMG A 35 4MATIC – Genes desportivos