Flexdeal celebra contrato para aumentar posição na Raíze para 33,10%

A Flexdeal celebrou um contrato destinado à compra e venda de ações (CVA) com dois dirigentes da Raize, para reforçar a sua posição na empresa para 33,10%, foi hoje comunicado ao mercado.

De acordo com a informação remetida à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o contrato em causa prevê “a aquisição por parte da Flexdeal a José Maria Antunes dos Santos Rego de 585.000 ações, representativas de 11,70% do capital social da Raize, pelo preço de 1,10 euros por ação”.

Por outro lado, abrange a compra 120.049 títulos a António José Ribeiro da Silva Marques, representativos de 2,40% do capital da empresa, ao preço de 1,10 euros por ação.

Com a concretização deste contrato, a Flexdeal vai passar a deter 1.655.049 ações representativas de 33,10% do capital social da Raize.

“A eficácia do CVA encontra-se sujeita à condução suspensiva da não oposição à aquisição de participação participada por parte do Banco de Portugal nos termos previstos legalmente”, ressalvou.

A Flexdeal é o maior acionista da Raíze tendo, atualmente, 19% das ações do capital da empresa, obtidas através da Oferta Pública de Aquisição.

Segundo a mesma nota, esta transação tem por objetivo reforçar o compromisso da Flexdeal com a concretização dos seus objetivos estratégicos.

Em causa está a criação de valor para os acionistas das duas empresas, aumento da quota de mercado da Raíze no crédito, bem como a contribuição para o lançamento de novas ofertas.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.