Fed estende apoios financeiros para além de 30 de setembro e vai até ao final do ano

A Federal Reserve dos Estados Unidos anunciou, esta terça-feira, a decisão de estender os seus programas de empréstimos a empresas, governos e particulares até ao final de 2020, segundo avançam as agências internacionais.

Originalmente programadas para expirar no próximo dia 30 de setembro, as inúmeras medidas de apoio  que abrangem desde crédito a pequenas empresas até à compra de títulos ‘indesejados’, estendem-se agora até 31 de dezembro deste ano.

O banco central americano lançou estas medidas assim que o mercado começou a sofrer sérias quebras, em março. A falta de liquidez decorrente dos temores da crise do coronavírus congelou os mercados e levou a Fed a várias linhas de crédito, algumas das quais tiveram origem durante a crise financeira.

Os programas cobertos incluem instrumentos para mercados monetários, compras de títulos corporativos no mercado primário e secundário e a mais recente distribuição, o ‘Main Street Lending Program’.

Também está incluída a medida sobre os títulos, ‘Asset-Backed Securities’, assim como o mais recente ‘Paycheck Protection Program’, a iniciativa do congresso destinada a incentivar as empresas a manter funcionários e continuar a operar durante a pandemia.

Recorde-se, porém, que o programa de empréstimos para governos locais e Estados já havia sido programado para 31 de dezembro, bem como a medida de financiamento de curto prazo para as empresas que só expira em 17 de março de 2021.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...