Famílias portuguesas são das que mais gastam com a saúde na União Europeia

As despesas das famílias portuguesas em saúde correspondem a 5,1% do total das despesas. O valor, apontado pela Pordata, é superior ao verificado a nível europeu: a média na União Europeia é de 4%. Portugal aparece em 6.º lugar na lista dos países onde a saúde tem um peso maior, apenas atrás da Bélgica (6,6%), Bulgária, Roménia, Polónia e Alemanha. No extremo oposto, encontram-se a Eslováquia, República Checa e Reino Unido. No país de Sua Majestade, as despesas com saúde não representam mais do que 1,9% do total.

O relatório “Retrato de Portugal na Europa” da Pordata revela ainda que Portugal tem 339 camas em hospitais por cada 100 mil habitantes, o que contrasta com a média de 504 na UE. Neste caso, Portugal ocupa o 20.º lugar da lista, que é liderada pela Alemanha (com 800 camas). Bulgária, Áustria, Hungria e Roménia fecham o top 5 das geografias da comunidade com mais camas em hospitais. A Suécia, por seu turno, é o país com menos, não indo além das 222.

Em termos de médicos por 100 mil habitantes, Portugal já aparece numa posição mais elevada. Com 497 médicos, o País surge em 3.º lugar, apenas atrás da Grécia (607) e da Áustria. A média da UE é de 360 profissionais, bem acima dos 238 registados na Polónia, o país com a pior classificação.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Nescafé Dolce Gusto abre casa pop-up só para amantes de café
Automonitor
SEAT Mii electric quase a chegar