Facebook adia “amor” na Europa depois de “arrufo” com União Europeia

Karolina Grabowska / Pixabay

O lançamento do novo serviço de encontros do Facebook na Europa estava previsto acontecer já amanhã, dia 13 de Fevereiro, mas a União Europeia levou a rede social a adiar “o amor” europeu. Tudo porque o Comissário irlandês para a Protecção de Dados revelou algumas preocupações com este lançamento.

Em causa está o facto de a rede social ter avisado aquele organismo europeu apenas 10 dias antes (3 de Fevereiro) do lançamento e não ter fornecido toda a documentação necessária sobre as avaliações de impacto na protecção de dados ou processo de tomada de decisão, avança o Comissário irlandês em comunicado divulgado pela agência de notícias Reuters.

O serviço em causa, Facebook Dating, está já disponível nos Estados Unidos desde Setembro do ano passado e permite aos utilizadores integrar as suas contas de Instagram no perfil Dating do Facebook e adicionar seguidores do Instagram à sua lista de “Secret Crush”.

Para acelerar o processo de avaliação do novo serviço, o Comissariado Europeu irlandês dirigiu-se aos escritórios do Facebook na Irlanda e procedeu à recolha de mais informação. Por sua vez, a rede social já garantiu que está a “trabalhar para criar fortes salvaguardas de privacidade” e que irá partilhar toda a informação com o referido organismo europeu. À agência Reuters, o Facebook garantiu mesmo que o Facebook Dating tarda em surgir na Europa porque a empresa de Mark Zuckenberg “quer garantir que o produto está preparado para o mercado europeu”.

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
Quer ir ao Burning Man? Cuidado com os bilhetes falsos
Automonitor
#Ensaio – Mercedes-Benz GLC 220d – A medida perfeita