Euronext cria índice de empresas sustentáveis que inclui Galp e Jerónimo Martins

A Euronext lançou um novo segmento de instrumentos de dívida sustentável designado de ‘blue bonds’, ligado a projetos relacionados com o mar, e criou um índice de empresas que cumprem critérios de sustentabilidade no qual constam Galp e Jerónimo Martins.

Num encontro com jornalistas, a presidente da Euronext Lisboa, Isabel Ucha, considerou que os temas da proteção energética e da proteção do ambiente e do clima são cada vez mais importantes e com os novos instrumentos a Euronext “tenta responder às solicitações dos investidores”.

A Euronext criou ainda um novo índice, no qual constam as 80 maiores empresas europeias que cumprem critérios de sustentabilidade e estão a fazer a transição energética, designado ESG80, de que constam duas portuguesas, a petrolífera Galp e a Jerónimo Martins.

Segundo a presidente da bolsa portuguesa, a Euronext tem ainda um novo serviço dirigido aos investidores, de aconselhamento às empresas para reforçarem os seus indicadores de sustentabilidade (ambientais, sociais e de governo), os designados ESG na sigla em inglês (Environmental, Social and Governance).

“Se formos todos mais exigentes na forma como aplicamos a nossa poupança podemos fazer a diferença na canalização do stimento para atingirmos estes objetivos”, considerou Isabel Ucha.

A Euronext é a gestora das bolsas de Lisboa, Paris, Amesterdão, Bruxelas e Dublin, Oslo, Londres.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...