Euro volta a cair e fica abaixo dos 1,21 dólares

O euro caiu esta sexta-feira face ao dólar, pela terceira sessão consecutiva, ficando abaixo dos 1,21 dólares, quando os EUA anunciaram que vão investigar eventuais falhas de segurança na resposta do ataque ao Capitólio.

Pelas 18:00 (hora de Lisboa), o euro seguia a 1,2093 dólares, quando na quinta-feira, pela mesma hora, negociava a 1,2165 dólares.

O euro também caiu em comparação com o iene, mas subiu face à libra.

O Banco Central Europeu (BCE) fixou hoje a taxa de câmbio de referência do euro em 1,2123 dólares.

A Inspeção-Geral do Departamento de Justiça dos EUA anunciou hoje que vai investigar eventuais falhas cometidas pelas agências de segurança na preparação e resposta ao ataque ao Capitólio, na passada semana.

A investigação do gabinete do inspetor-geral examinará se as informações sobre os riscos de violência foram partilhadas pelo Departamento de Justiça com outras agências, incluindo a Polícia do Capitólio, no dia em que o Congresso ratificava a vitória eleitoral do candidato presidencial democrata, Joe Biden.

O inspetor-geral disse que “também avaliará se há alguma fragilidade nos protocolos, políticas ou procedimentos do Departamento de Justiça, que possam ter afetado negativamente a capacidade das suas agências para se prepararem de forma eficaz e para responderem aos eventos no Capitólio dos EUA em 6 de janeiro”.

O Presidente eleito norte-americano Joe Biden anunciou, recentemente, que pretende aplicar 1,9 biliões de dólares em medidas de aceleração da vacinação para a Covid-19 e assistência financeira a indivíduos e empresas, estímulos que impulsionaram a cotação do dólar.

O Congresso norte-americano aprovou no final de 2020 um outro pacote de estímulo financeiro de 900 mil milhões de dólares, que incluiu pagamentos diretos de 600 dólares a todos os norte-americanos com um rendimento anual inferior a 75.000 dólares.

Ler Mais


Comentários
Loading...