EUA: Dólar e Petróleo em contraciclo. Crise do gás aumenta oportunidades de compra

Os futuros sobre o petróleo em Nova Iorque aumentaram 1,4%, face a segunda-feira, batendo um novo recorde desde outubro de 2014. Paralelamente o Índice Dólar Spot da Bloomberg caiu 1,3%.

Os analistas de mercados, contactados pelas várias agências e jornais norte-americanos

Os futuros em Nova York subiram até 1,4% em relação ao acordo de segunda-feira, o maior desde outubro de 2014. Enquanto isso, o Índice Bloomberg de Dólar spot caiu 0,3%. 

O preço dos futuros sobre o Brent, com entrega prevista para dezembro, no mercado londrino, ainda não voltou a pisar a faixa dos 85 dólares, mas aumentou 0,2%, para os 84,52 dólares.

 

WTI está se recuperando de seu maior fechamento desde 2014

O preço do crude tem vindo a aumentar nas últimas oito semanas, à medida que a crise energética – motivada pela escassez de gás natural e carvão – coincidiu com uma recuperação da procura nas principais economias emergentes do mundo após a pandemia.

“Enquanto a crise global de energia continuar, qualquer fraqueza nos preços do petróleo provavelmente será vista como uma oportunidade de compra”, disse Helge Andre Martinsen, analista sénior de mercado de petróleo do DNB Bank ASA. 

 

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.