EUA: Campanha bate recorde de fundos. Biden angaria 383 milhões para ir à luta contra Trump

A campanha presidencial de Joe Biden voltou a bater recordes mensais de angariação de fundos, em Setembro, com um lucro de 383 milhões de dólares. Este novo ‘máximo’ dá ao candidato democrata uma vantagem financeira sobre Donald Trump, a poucas semanas das eleições presidenciais.

O dinheiro angariado no mês passado deixou o antigo Vice-Presidente Biden com um ‘orçamento de guerra’ de 432 milhões de dólares, informou a sua campanha esta quarta-feira. Joe Biden está à frente de Donald Trump por uma larga margem nas sondagens nacionais, a apenas 20 dias das eleições de 3 de Novembro.

A campanha de Biden em Setembro bateu o recorde anterior de 364,5 milhões de dólares, estabelecido em Agosto.

A campanha de Trump e o Comité Nacional Republicano ainda não revelaram o total de angariação de fundos para Setembro, mas o total de 210 milhões de dólares conseguidos em Agosto ficou atrás dos Democratas em cerca de 150 milhões de dólares.

As doações online ajudaram a impulsionar a campanha de Biden e os totais recorde de angariação de fundos do Comité Nacional Democrático. Em Setembro, os doadores online foram responsáveis por 203 milhões de dólares.

De acordo com Joe Biden, a doação média é inferior a 50 dólares.

Nas últimas semanas da campanha, e tendo em conta que milhões de americanos já votaram, Donald Trump marcou comícios em estados onde ganhou por grandes margens nas últimas eleições, em 2016.

Ler Mais

Comentários
Loading...