pub

Estado de saúde de Berlusconi tem «melhorias constantes», adianta médico pessoal

A saúde do ex-primeiro-ministro italiano, Silvio Berlusconi, hospitalizado após contrair o novo coronavírus, está «a melhorar constantemente», de acordo com um comunicado do seu médico pessoal, Alberto Zangrillo, emitido esta terça-feira e citado pela agência ‘Reuters’

«Todos os parâmetros monitorizados estão bem» e Berlusconi está «a melhorar constantemente», disse Alberto Zangrillo esta terça-feira.

Recorde-se que Berlusconi testou positivo para a Covid-19 na última quarta-feira, tendo sido internado no hospital San Raffaele de Milão na noite de quinta-feira, com diagnóstico de pneumonia ligeira, que afectou os dois pulmões.

No domingo os médicos do hospital de Milão já tinham referido que o antigo primeiro-ministro italiano estava a reagir bem aos tratamentos. «O paciente está tranquilo e a reagir de forma regular aos tratamentos», precisou Alberto Zangrillo, lembrando que, apesar da evolução favorável, o ex-primeiro-ministro italiano pertence a um grupo de risco, dada a sua idade e patologias anteriores.

«A evolução é regular», referiu o médico assistente, acrescentando que a fase é «delicada», o que o levou a reiterar «um optimismo cauteloso» e a não «reclamar já vitória», tendo em conta que a idade de Sílvio Berlusconi o coloca na categoria de pacientes mais frágeis à infecção pelo novo coronovírus.

Sílvio Berlusconi, que fará 84 anos dentro de três semanas, revelou na passada quarta-feira que tinha sido diagnosticado com covid-19. Também dois dos seus filhos, Barbara, de 36 anos, e Luigi, de 31, bem como a sua nova companheira, Marta Fascina, de 30 anos, tiveram resultados positivos nos respectivos testes para diagnóstico da presença do vírus SARS-CoV-2.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...