Espanhol António Banderas considerado «actor de cor» entre os nomeados para os Óscares

A imprensa americana, nomeadamente em publicações concretas como a Deadline ou a Vanity Fair, classificou o actor espanhol Antonio Banderas, como um dos poucos casos de pessoas «de cor» que estavam nomeadas para os Óscares, em conjunto com a actriz afro-americana Cynthia Erivo, após o anúncio oficial dos candidatos aos prémios da Academia de Hollywood.

Após o sucedido a polémica instalou-se nas redes sociais, com os utilizadores a contestar as afirmações dizendo que Banderas é «europeu e branco», não percebendo o porquê da classificação e criticando até a categorização racial nos Estados Unidos, uma vez que é feita a distinção entre latinos-americanos, hispânicos, caucasianos e afro-americanos.

O tweet acabou por ser eliminado das redes sociais e a Vanity Fair reformulou a sua afirmação indicando a actriz Cynthia Erivo como a única afro-americana, mas fazendo referência a António Banderas: «Embora os espanhóis não sejam tecnicamente considerados pessoas «de cor», deve notar-se que Antonio Banderas foi nomeado pelo protagonista que desempenhou no drama espanhol Dolor y Gloria».

Há cerca de uma semana, o The Hollywood Report, verificou que Antonio Banderas tinha sido ignorado pela Academia Britânica nos Bafta Awards, escrevendo um artigo no qual menciona a falta de diversidade da Academia, juntando também a ausência a actriz afro-americana Lupita Nyongo’o.

 

Artigos relacionados
Comentários
Loading...

Multipublicações

Marketeer
O segredo para um anúncio de sucesso com 6 segundos é…
Automonitor
Hyundai Kauai bate recorde do GUINESS… na Índia