pub

Entrevista a Luís Araújo: «O principal inimigo é o medo»

«Temos uma certeza e algumas incertezas. A certeza é que o setor vai retomar aquilo que era anteriormente. A incerteza é com que velocidade e quando. Temos alguns indicadores positivos, nomeadamente companhias aéreas, mas depois temos uma série de outras condicionantes como a ligação aos Estados Unidos e ao Brasil, os nossos grandes motores de mercados alternativos para este crescimento. Há ainda a incógnita de como os consumidores vão recuperar a confiança. Temos de ir trabalhando no tabuleiro de xadrez para ver com que peças nos movimentamos», afirmou Luís Araújo, durante a CEO’s Talks by Executive Digest.

Nesta entrevista conduzida pela diretora de redação, Maria João Vieira Pinto, e pelo jornalista António Sarmento, Luís Araújo afirmou também que é preciso planear o futuro com muito cuidado e aproveitando também um bocadinho as lições destes meses de pandemia para preparar precisamente esse futuro, acrescenta.

Sobre a mais recente campanha do Turismo de Portugal onde convida os portugueses a visitarem o Melhor Destino Turístico do Mundo, Luís Araújo explica: «É aproveitar estes momentos, os fins-de-semana e os fins de tarde, para terem novas experiências dentro do território. É uma campanha com uma mensagem nacional mas que tem a capacidade de ter um impacto a nível global. O principal inimigo é o medo. Quanto mais depressa tivermos confiança, aviões no ar e meios de nos ligarmos entre países e entre destinos mais depressa recuperamos todos. Este é um problema de todos».

pub

Comentários
Loading...