Empresas portuguesas sofrem ataques cibernéticos 907 vezes por semana, revela estudo

A Check Point Research, área de Threat Intelligence da Check Point Software Technologies, divulgou esta quinta-feira dados sobre as tendências mais recentes de ataques cibernéticos tanto em Portugal, como no mundo.

Em termos nacionais, apesar de ter concluído que as empresas portuguesas sofrem ataques cibernéticos 907 vezes por semana, dá conta de que Portugal registou uma quebra de 4% nos ataques, invertendo a tendência mundial.

Na perspetiva global, os ataques de Ransomware já afetam 1 em cada 40 empresas por semana. Os três setores mais prejudicados são a Administração Publica/Setor militar, a educação/investigação e a Saúde e o aumento das tensões geopolíticas e a generalização do trabalho e do ensino à distância levaram a um aumento de 59% dos ataques de Ransomware em termos homólogos.

Na divisão de ataques por região, a Europa tem uma média semanal de organizações afetadas de 1 em 66, o que representa um aumento de 1% em termos homólogos, face a 1 em 65 organizações no segundo trimestre de 2021.

Ransomware por Indústria

Fonte: Check Point Software Technologies

“Os ataques de Ransomware não estão a mostrar sinais de abrandamento. Neste momento, podemos dizer que 1 em cada 40 organizações é afetada por Ransomware cada semana, o que faz com que o aumento seja de 59% em relação ao ano anterior. Os hackers estão a aproveitar a generalização do trabalho e do ensino à distância para atacar, a guerra entre a Ucrânia e a Rússia também ajuda a impulsionar a tendência de ataque, uma vez que o aumento das tensões geopolíticas inspira os hackers a tomar partido,” afirma Omer Dembinsky, Data Group Manager da Check Point Software Technologies.

“Por último, a vontade das organizações de satisfazer as exigências de resgate dos atacantes, a fim de proteger os seus dados provou que o negócio do ransomware é altamente lucrativo. Daí os hackers continuarem a investir recursos em ir atrás de organizações de saúde. Recomendamos vivamente às organizações em todo o lado que tomem nota das nossas dicas de prevenção contra ransomware, tais como backup de dados, manter os sistemas atualizados e formar os funcionários sobre sensibilização,” termina o responsável.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.