Empresa de música Believe vai estrear-se na Euronext Paris

A empresa francesa de música Believe anunciou esta segunda-feira que vai entrar na bolsa de Paris tendo como objetivo angariar em torno de 500 milhões de euros para financiar a sua expansão, de acordo com a Reuters.

O grupo fundado em 2005, que tem diversos acordos com plataformas como Spotify, Apple Music e Amazon, pretende agora expandir os seus serviços a novas áreas como a música clássica e investir nas suas próprias plataformas tecnológicas. “Deixou de ser o modelo musical tradicional baseado numa enorme quantidade de serviços para um conjunto muito pequeno de artistas de topo”, explicou o CEO da empresa Denis Ladegaillerie.

A IPO (oferta pública inicial) da Believe foi anunciada numa altura em que o país enfrenta uma escassez de ofertas, com exceção do lançamento de várias empresas de aquisição com fins especiais (SPACs), que angariam fundos de investidores que fazem uma aquisição.

De acordo com fonte da empresa, a transmissão representaria 78% do mercado musical até 2027, atingindo uma dimensão de mercado de cerca de 22,4 mil milhões de dólares, face aos 62% registados em 2020.

O grupo francês, que garante ser lucrativo, avançou que tem como objetivo somar receitas a taxas de câmbio constantes de cerca de 20% este ano, depois de ter alcançado um volume de vendas que ascendeu a 441 milhões de euros em 2020.

O Citigroup, JP Morgan, SocGen, BNP Paribas, Goldman Sachs, HSBC, UBS e Rothschild estão entre os bancos de investimento envolvidos na operação.

Ler Mais


Comentários
Loading...