Empresa de fruta e legumes investe oito milhões de euros numa nova unidade em Cantanhede

A empresa Fruti Taipina, na zona industrial de Cantanhede, distrito de Coimbra, investiu oito milhões de euros (ME) numa nova unidade, que deverá começar a laborar em março.

Fundada em 1989, a empresa Fruti Taipina comercializa fruta e legumes, sobretudo da região, e tem mais de 70 produtores da área frutícola e mais de 70 produtores da área hortícola.

“A nova construção deve-se ao facto de já não termos capacidade produtiva neste armazém e a forma de calibração não era feita corretamente”, disse à agência Lusa a diretora geral da empresa, Sandra Taipina.

O investimento total de oito milhões de euros envolve não só o armazém da nova unidade, como a compra de um novo equipamento destinado a calibrar e categorizar a fruta, câmaras de armazenamento, assim como investimento em três linhas de embalamento.

“Enquanto aqui [nas atuais instalações], o operador é que tinha essa decisão […], lá [nas novas instalações] não. Essa máquina faz logo […] a seleção pela Categoria Extra, Categoria I, Categoria II ou indústria, e também o calibre correto da fruta”, explicou.

O armazém atual tem uma área coberta de 6.000 metros quadrados e 2.500 metros quadrados de câmaras frigoríficas. Já o novo tem 8.000 metros quadrados e 3.500 metros quadrados de câmaras frigoríficas.

A nova unidade, denominada de Taipina Export, que está atualmente em fase de testes, além de agilizar o processo de seleção e embalamento, vai permitir calibrar, por hora, 10 toneladas de fruta.

“Ficamos com uma maior capacidade produtiva. Também nos permite a angariação de mais clientes a nível de exportação, porque temos maior capacidade de resposta e mais clientes a nível interno”, frisou Sandra Taipina.

O negócio começou pela venda de produtos em feiras locais, em 1950, tendo sido fundada a empresa Fruti Taipina, em 1989, num armazém, em Cantanhede, de modo a dar continuidade a este negócio familiar.

Em 2005, a empresa mudou para as atuais instalações na zona industrial de Cantanhede, sendo que, em março, está previsto começar a laborar a nova unidade, situada igualmente na zona industrial de Cantanhede.

O número de trabalhadores, ao longo dos anos, tem vindo a aumentar gradualmente.

Em 2018, a empresa empregava 84 trabalhadores e, em 2022, conta já com 125 empregados.

A Fruti Taipina exporta ainda para 13 países, nomeadamente para a Alemanha, Cabo Verde, Marrocos e Suíça.

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.