Em Portugal, só 10% dos alunos com 15 anos gostam muito da escola, revela estudo

Aos 15 anos, só 9,5% dos alunos portugueses gostam muito da escola. A conclusão é da última edição do estudo Health Behaviour in School-aged Children, em colaboração com a Organização Mundial da Saúde, relativo a 2018, citado pelo “Público”.

Em 45 países avaliados, Portugal surge em 38.º lugar. Ainda assim, estamos à frente da Grécia e Itália. Há um «fraco gosto pela escola, fraco em si mesmo e fraco na comparação com os restantes países», disse ao “Público” a coordenadora nacional desta avaliação, Margarida Gaspar de Matos.

Globalmente, só 21% dos alunos de 15 anos se dizem muito satisfeitos com a escola, menos dois pontos percentuais do que em 2014. «Há alguma evidência de que a pressão na escola está a aumentar, sobretudo entre os adolescentes mais velhos, numa altura em que a percepção é a de que o apoio que têm da família e dos professores está a diminuir», pode ler-se no relatório final, citado pelo “Público”. Os «alunos que gostam mais da escola apresentam níveis mais altos de satisfação com a vida, menor risco de uso de substâncias e melhores indicadores de saúde mental», conclui-se.

O jornal recorda que, em 1998, 29% dos alunos portugueses respondiam que gostavam muito da escola. Em 28 países, Portugal aparecia em 2.º lugar, depois da Letónia. Desde então, foi sempre a descer.

O inquérito foi desenvolvido junto de 227.441 alunos da Europa e Canadá. Em Portugal, que participa desde 1998, foram inquiridos 6997 estudantes e considerados na análise final 5839.




loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.