Elon Musk diz que acordo de compra do Twitter está “temporariamente suspenso”. Contas falsas preocupam o multimilionário

O CEO da Tesla, que no final de abril anunciou que teria chegada a acordo com o conselho de administração da rede social para a compra de 41 mil milhões de euros, disse esta sexta-feira, dia 13 de maio, que o processo de compra está suspenso, até obter mais informações sobre as contas falsas na plataforma.

No próprio Twitter, Elon Musk avançou que “o acordo está temporariamente suspenso” e que aguarda por mais informações que o ajudem a perceber que cálculos permitem à plataforma afirmar, num documento apresentado pela empresa na passada segunda-feira, que as contas falsas representam menos de 5% do total de utilizadores.

Ainda esta semana, a consultora Hindenburg Research tinha avançado que Musk teria “a faca e o queijo na mão” no que toca à compra do Twitter, afirmando que o multimilionário tem ampla margem para renegociar o acordo que tinha apresentado ao conselho de administração e obter um preço de compra mais baixo do que o inicialmente proposto.

A mesma consultora apontou que o número de contas falsas, bots e spam no Twitter representava um sério problema reputacional e que inflacionava a verdadeira base de utilizadores da plataforma, e não acredita que a rede social consiga resolver o problema.

O comentário de Musk fez-se logo sentir nas ações do Twitter, que caíram esta manhã quase 18%, para os 37,10 dólares (cerca de 35,72 euros), o valor mis baixo desde que o multimilionário apresentou a sua proposta de compra da rede social.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.