El Corte Inglés “mais amigo” do ambiente. Empresa quer zero emissões até 2050

O El Corte Inglés reforça o seu compromisso com a sustentabilidade e propõe-se a atingir zero emissões até 2050, como assegura o grupo em comunicado, citado pelo ‘Cinco Días’.

A empresa presidida por Marta Álvarez propôs-se, assim, a mitigar e compensar as emissões de carbono que produz. 100% da energia que consome é de origem renovável certificada, além de que foram realizadas ações de compensação em vários centros durante o último ano. O objetivo é chegar às zero emissões até 2050.

O sistema de gestão, implementado e certificado pela Aenor, conseguiu demonstrar que todos os resíduos são geridos e recuperados em pelo menos 90%, evitando a eliminação em aterro.

Atualmente, 55 centros logísticos e plataformas da empresa – 51 em Espanha e quatro em Portugal – possuem esta certificação, sendo que a meta é que, até 2022, todos os estabelecimentos do El Corte Inglés estejam certificados.

A reforma vai também chegar à mobilidade elétrica dos clientes. A empresa implementou, para reduzir a pegada de carbono dos seus clientes, mais de 200 pontos de carregamento de veículos elétricos nos seus parques de estacionamento, passando a ser o maior parque privado nacional desta categoria.

O grupo está também a trabalhar em embalagens mais sustentáveis. 100% dos sacos de plástico dos supermercados são feitos com matéria-prima reciclada e já foram colocados à venda diferentes opções de sacos reutilizáveis.

Com esta e outras iniciativas, a empresa pretende reduzir a sua pegada de plástico em 30% até 2025 em toda a sua cadeia de abastecimento.

Ler Mais


Comentários
Loading...