EDP Renováveis com CAE para projeto eólico de 120 MW no Chile. Vai evitar 90 mil toneladas de emissões de CO2 por ano

Foi hoje entregue à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) o documento que informa que foi atribuído à EDP Renováveis, S.A. um Contrato de Aquisição de Energia (“CAE”) a 15 anos no leilão de energia renovável Chileno.

Este permitirá que a EDP Renováveis venda a energia produzida pelo projeto eólico San Andres de 120 MW, estimando-se que evite 90 mil toneladas de emissões anuais de CO2. Situado em La Araucania, Chile, está previsto que inicie operações em 2025.

A EDP Renováveis conta atualmente com 0,2 GW de capacidade assegurada que entrará em operação no Chile até 2025.

O sucesso da EDPR em assegurar novos CAEs reforça a sua estratégia de crescimento baseada no desenvolvimento de projetos competitivos e com perfil de baixo-risco que fomentam a aceleração da transição energética e a descarbonização da economia, pode ler-se na nota enviada à CMVM.

 



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.