EDP investe 24 mil milhões em transição energética. Quer ter 100% de produção renovável em 2030

A EDP quer ter mais 50 gigawatt (GW) em energia limpa até 2030, passando de uma produção renovável atual de 74% para 100% em 2030, de acordo com o plano estratégico para 2021-25 divulgado hoje.

“A empresa pretende abandonar a produção a carvão até 2025 e ser totalmente verde até 2030, antecipando em 20 anos as suas metas de ser neutra em carbono”, anunciou hoje a elétrica liderada por Miguel Stilwell d’Andrade.

A anterior meta, definida em março de 2019, previa mais de 90% de produção renovável em 2030.

Em 2020, 74% da produção da EDP foi a partir de fontes renováveis, antecipando em dois anos o objetivo definido para 2022.

A empresa anunciou também hoje que vai investir 24.000 milhões de euros na transição energética, dos quais 19.200 milhões de euros (80%) em energias renováveis nos próximos até 2025, que inclui tecnologias eólica, solar, hidrogénio verde e armazenamento de energia.

“Em quatro anos, serão investidos 24.000 milhões de euros na transição energética. 80% deste valor será investido em energias renováveis, através de várias tecnologias – eólica, solar, hidrogénio verde e armazenamento de energia”, anunciou hoje a energética.

De acordo com a EDP, isto reforça “a sua posição de líder na transição energética com um plano de investimento sem precedentes”.

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...