É oficial: Teletrabalho recomendado em dezembro, obrigatório em janeiro

A adoção do teletrabalho passou a ser recomendada pelo Governo já a partir do dia 1 de dezembro, altura em que o país voltará oficialmente a entrar em estado de calamidade.

A medida foi apresentada hoje pelo primeiro-ministro, após a reunião do Conselho de Ministros, que decorreu esta quinta-feira, para decidir as novas medidas para travar a evolução da pandemia de Covid-19 no país.

António Costa anunciou, entre as primeiras recomendações gerais, “sempre que possível” o teletrabalho como recomendado, “de forma a evitar excesso de contactos que permitam agravar situação da pandemia”.

O primeiro-ministro adiantou ainda, na mesma conferência, que o teletrabalho será, depois, obrigatório de 2 a 9 de janeiro, prevenindo a escalada do número de contágios após as festividades, apelando ao uso de máscara obrigatória em espaços fechados e de autotestes sempre que possível.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.