Duas em cada três empresas não têm ninguém em teletrabalho

Duas em cada três empresas (66%) não têm nenhum funcionário em teletrabalho, apesar de este regime se ter tornado obrigatório sempre que possível, de acordo com um inquérito realizado pelo Gabinete de Estratégia e Planeamento (GEP) do Ministério do Trabalho citado pelo Jornal de Negócios.

O inquérito aponta que, das empresas que declaram ter pessoas em teletrabalho (34%), só 20% dos seus trabalhadores é que estão de facto neste regime, segundo apurou o Negócios junto do Ministério do Trabalho, que ainda está a trabalhar nos dados.

O teletrabalho é obrigatório sempre que as funções sejam compatíveis com este regime. A medida aplica-se a todos os concelhos com mais de 240 infeções diárias, por cada 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias. Correspondem a 70% dos municípios do país.

No entanto, o Governo está preocupado com o incumprimento da medida. E esta terça-feira o Ministério do Trabalho enviou um e-mail a cerca de 400 mil empresas, alertando para a “obrigatoriedade de implementarem o teletrabalho nos casos em que as funções são compatíveis, caso se localizem nos concelhos dos níveis de risco elevado, muito elevado e extremamente elevado”.

Quando o regime de teletrabalho não é possível, é obrigatório o uso de máscara ou viseira no local de trabalho. No mesmo e-mail é dito que a Autoridade para as Condições do Trabalho vai lançar uma ação de fiscalização para confirmar o cumprimento das regras.


Comentários
Loading...