DS Smith conquista pontuação acima da média do setor de embalagens na avaliação de sustentabilidade corporativa da S&P Global

A DS Smith obteve um melhor resultado na Avaliação de Sustentabilidade Corporativa (CSA) da S&P Global deste ano, tendo subido 16 pontos para 67 neste índice, estando consideravelmente acima da pontuação média de 38 do setor de embalagens.

Numa nota enviada à comunicação social, a fornecedora de packaging sustentável revela que o grupo conseguiu assegurar pontuações máximas em informação ambiental, critérios de design de produtos, benefícios dos produtos em termos de eficiência e uso de materiais reciclados e de origem sustentável.

“Estamos muito satisfeitos por ter aumentado a nossa pontuação e por continuar a impulsionar o nosso desempenho em ESG através da nossa estratégia de sustentabilidade Now and Next, aplicando os conhecimentos obtidos com estas classificações para perceber onde existem oportunidades para continuar a trabalhar”, comentou Ignacio Montfort, Managing Director da DS Smith Ibéria.

O grupo foi ainda agraciado pelos Princípios de Design Circular e Métricas de Design Circular, bem como pelos objetivos ambiciosos de proteção dos recursos naturais como parte da sua estratégia de sustentabilidade Now and Next, no âmbito do seu compromisso na aposta na economia circular.

A DS Smith registou também uma subida considerável nas áreas de estratégia climática e riscos relacionados com a água, graças à análise de cenários climáticos realizada nos relatórios do grupo de trabalho sobre divulgação financeira relacionada com o clima (Task Force on Climate-related Financial Disclosures – TCFD) da DS Smith.

A CSA da S&P Global, fornecedor global de índices de mercados financeiros, é uma avaliação anual das práticas de sustentabilidade das empresas e a base dos índices de sustentabilidade Dow Jones (DJSI).

Todos os anos, acima de 10.000 empresas em todo o mundo são avaliadas quanto à sustentabilidade, entre outros critérios específicos dos seus setores, como do ponto de vista financeiro.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.