pub

Desempenho de Marcelo ainda tem nota positiva mas está cada vez mais longe dos 100%

Com 60% de avaliações positivas, Marcelo Rebelo de Sousa ainda passa no teste de desempenho dos portugueses. O mais recente barómetro político da Aximage para o JN e a TSF indica, ainda assim, que o Presidente da República está em queda, acusando algum desgaste associado à pandemia de COVID-19.

O mesmo acontece com o primeiro-ministro e com o Governo português, que perderam 12 pontos nesta avaliação desde Julho. Neste momento, contam apenas com 51% de avaliações positivas. Face a Setembro, a queda é de 3%.

A análise aos segmentos da amostra, indica o JN, demonstra que tanto Marcelo Rebelo de Sousa como António Costa conseguem o melhor resultado entre os eleitores mais velhos e mais pobres. A nível partidário, também se encontram semelhanças, uma vez que os eleitores socialistas parecem ser os principais apoiantes: 85% dão nota positiva a Costa e 84% a Marcelo.

No sentido inverso, as notas negativas chegam dos eleitores dos três partidos mais à Direita, ou seja, Chega, Iniciativa Liberal e CDS. No caso do PSD, o Presidente da República conquista um saldo positivo de 43 pontos, ao passo que António Costa não vai além dos 7.

Em quem confiam os portugueses?

Em termos de confiança (e não desempenho), o cenário não é muito diferente: 45% dos inquiridos pela Aximage preferem Marcelo e 13% Costa. Tambéma qui, ambos registam melhores resultados junto dos mais velhos e dos mais pobres.

Por partidos, o primeiro-ministro só ganha entre os eleitores socialistas. O Presidente, por seu turno, vence em todos os outros, com destaque para os eleitores do PSD, segundo aponta o JN.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...