Descontos da Segurança Social vão superar, pela primeira vez, os 20 mil milhões de euros em 2022

A Segurança Social espera ultrapassar em 2022, pela primeira vez, os 20 mil milhões de euros em contribuições, depois de em julho ter sido registado o maior número de sempre de trabalhadores declarados, segundo a ministra da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, citada pelo Correio da Manhã (CM).

Segundo as afirmações da ministra, “os serviços registaram mais 129 mil trabalhadores por conta de outrem em julho deste ano face ao mesmo mês de 2020. Considerando o período pré-pandemia, foram registados mais 55 mil trabalhadores que em julho de 2019”.

Para Ana Mendes Godinho, que apresentou esta quarta-feira aos jornalistas o orçamento da Segurança Social para 2022, “estes números refletem o dinamismo do mercado de trabalho, que vai assim contribuir com mais 1200 milhões de euros face a este ano”.



Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.