pub

De norte a sul do país: Saiba quais os cemitérios que fecham (ou estão condicionados) no Dia de Todos os Santos

Devido à pandemia, são vários os cemitérios em Portugal que vão estar fechados ou vão ter um acesso condicionado no fim-de-semana do Dia de Todos os Santos. No caso dos que ficam abertos, é obrigatório o uso de máscara e a higienização das mãos, entre outras regras sanitárias. Saiba aqui quais são os cemitérios que sofrem alterações e que alterações são essas.

Cemitérios em Lisboa abertos no fim-de-semana mas com controlo de entradas

Os cemitérios de Lisboa vão estar abertos no fim-de-semana e na segunda-feira nos horários habituais, mas haverá um controlo de entradas, o uso de máscara será obrigatório e as capelas vão estar encerradas, anunciou a Câmara Municipal. Vão também ser criados circuitos de entrada e saída e não serão permitidos ajuntamentos superiores a cinco pessoas, salvo se forem do mesmo agregado familiar.

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de circular entre concelhos.

Castanheira de Pera: Cemitérios com novas regras entre sexta e terça-feira

A Câmara de Castanheira de Pera, no distrito de Leiria, anunciou que os cemitérios do concelho vão ter novas regras entre esta sexta e terça-feira devido à pandemia. Vão estar abertos das 9h às 17h, sendo que a entrada ou saída “far-se-á, se possível, através de portões distintos”.

“A circulação no interior dos cemitérios far-se-á sempre pela direita, evitando o cruzamento de pessoas”, e “é obrigatória a higienização das mãos, na entrada”, assim como máscara. A autarquia adianta que o número máximo de pessoas, em simultâneo, é de 35 no cemitério da vila e de 15 em cada um dos restantes cemitérios.

Belmonte: Cemitérios com horário alargado entre quinta e segunda-feira

Os cemitérios do concelho de Belmonte vão funcionar em horário alargado e com limitação da lotação máxima, entre esta quinta e segunda-feira. Entre as regras extraordinárias definidas está o alargamento do horário de funcionamento, que vai decorrer entre as 8 e as 18 horas, bem como a obrigatoriedade de uso de máscara, quer dentro dos cemitérios, quer na zona envolvente.

Além disso, os grupos estão restritos ao máximo de cinco pessoas e a desinfeção das mãos é obrigatória à entrada e à saída, sendo que também está proibida a partilha de material, como regador, baldes, tesouras ou vassouras.

Celorico da Beira: Cemitério aberto no sábado e no domingo com restrições

O cemitério da vila de Celorico da Beira vai estar aberto neste fim-de-semana, no horário das 8 às 17h, mas com regras excecionais de acesso e permanência no cemitério municipal que incluem a utilização obrigatória de máscara no interior do recinto, a desinfeção das mãos à entrada, a manutenção da distância física de dois metros e o cumprimento das regras de etiqueta respiratória, entre outras.

Gouveia: Cemitérios municipais abertos no fim de semana com limitações

Os dois cemitérios municipais da cidade de Gouveia, no distrito da Guarda, vão estar abertos este sábado e domingo, mas com restrições. O município de Gouveia adianta em comunicado que os cemitérios vão funcionar entre as 8h e as 17h30 (encerrando para almoço das 12h30 às 13h30) e vão ter uma lotação máxima de 50 pessoas no seu interior.

Nos cemitérios é obrigatória a desinfeção das mãos na entrada e saída, a utilização de máscara, cumprir com as regras da etiqueta respiratória e manter o distanciamento físico de pelo menos dois metros entre as pessoas.

Pinhel: Cemitério municipal com entradas controladas

O cemitério municipal de Pinhel vai estar aberto entre sexta-feira e segunda-feira, das 8h às 19h, mas com entradas controladas. Segundo a autarquia de Pinhel, a permanência em simultâneo vai estar limitada a 100 pessoas, “devendo estas cumprir as regras de higienização das mãos à entrada, uso de máscara e distanciamento físico no interior do cemitério”.

“Para evitar que as pessoas se cruzem, haverá uma entrada e uma saída diferenciadas. A entrada será controlada por uma equipa de segurança, responsável pela contabilização das pessoas, havendo dispensadores de álcool gel à entrada e à saída”.

Mêda: Cemitério municipal aberto no sábado e no domingo

O cemitério municipal da cidade de Mêda vai estar aberto no sábado e no domingo, das 8h às 18h, mas com restrições. O presidente da Câmara Municipal, Anselmo Sousa, publicou um edital onde estabelece que “deverá ser respeitada a lotação máxima de 100 pessoas no interior do cemitério”, cujo acesso será controlado por funcionários do município.

Entre outras medidas a ter em conta, é obrigatória a desinfeção das mãos na entrada e saída do cemitério e a utilização de máscaras durante a permanência no recinto, onde deverá ser respeitado o limite de três pessoas por cada sepultura.

Cemitério do Fundão com acesso limitado até 6 de novembro

O Cemitério Municipal do Fundão vai ter acesso limitado e tempo de permanência condicionado. As regras excecionais já estão em vigor e prolongam-se até dia 6 de novembro, sendo que a entrada será limitada a 100 pessoas em simultâneo e a permanência no interior do cemitério não poderá exceder um período máximo de uma hora.

Além disso, a utilização de máscara também será obrigatória, bem como o distanciamento social conforme preconizado pela Direção-Geral da Saúde. A informação especifica ainda que as celebrações religiosas e de homenagem, habitualmente realizadas nos dias 1 e 2 de novembro, foram canceladas.

Macedo de Cavaleiros: Câmara limita visitas ao cemitério a 20 minutos

A Câmara de Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança, decidiu limitar a 20 minutos a visita ao cemitério, com um máximo de quatro pessoas por campa no período entre 31 de outubro e de 2 de novembro, divulgou a autarquia.

A autarquia decidiu manter o horário normal de funcionamento para abertura e encerramento do cemitério com as restrições do número de pessoas e tempo de permanência, assim como a obrigatoriedade de desinfeção das mãos na entrada e do uso de máscara e proibição de partilha de materiais de limpeza.

Cemitério de Estremoz com restrições no fim de semana

O cemitério municipal de Estremoz (Évora) vai estar aberto na sexta-feira, sábado, domingo e segunda-feira com restrições. De acordo com as limitações determinadas pela autarquia, a entrada no cemitério fica limitada a 30 pessoas em simultâneo, a permanência máxima é de 30 minutos por pessoa, o uso de máscara ou viseira de proteção é obrigatório, deve ser mantido o distanciamento social e o município aconselha a higienização frequente das mãos e adoção de regras de etiqueta respiratória.

Guarda: Cemitérios municipais abertos no fim de semana com regras

Os dois cemitérios municipais da cidade da Guarda vão estar abertos no fim-de-semana, por ocasião do Dia de Todos os Santos, mas com regras e com controlo de entradas. Segundo o presidente do município, o cemitério antigo da cidade vai ter um limite máximo de 20 pessoas por talhão e o novo terá um limite de 16 pessoas, que permanecerão por um período máximo de 30 minutos.

As entradas nos cemitérios serão controladas, tal como acontece no recinto da feira mensal. “Há um vigilante, da responsabilidade da Câmara, que controla o número de 20 [pessoas] num caso, e o número de 16 no outro”, explicou.

Cemitério de Oleiros aberto domingo e segunda-feira com restrições

O cemitério municipal de Oleiros vai estar aberto este domingo e segunda-feira, entre as 9h e as 19h, com acesso controlado e com proibição de partilha de materiais de limpeza devido à covid-19. Não são permitidos aglomerados superiores a cinco pessoas.

Além disso, os visitantes “têm de cumprir a distância mínima de segurança de dois metros, utilizar máscara, desinfetar as mãos e permanecer no interior do cemitério apenas o tempo necessário, num máximo de 30 a 40 minutos”.

Cemitério de Portalegre aberto no fim-de-semana com restrições

O cemitério de Portalegre vai estar aberto neste fim-de-semana, em que se assinala o Dia de Finados e de Todos os Santos, mas “devem ser evitados” aglomerados de pessoas no interior e no exterior do cemitério, no entanto, o município alentejano não estipula um número máximo para o efeito.

Para evitar a propagação da covid-19, a Câmara de Portalegre sublinha que é “obrigatório” o uso da máscara no interior do cemitério e que as regras de distanciamento social e etiqueta respiratória devem ser “escrupulosamente cumpridas”. “Pede-se especial atenção às famílias no sentido de limitarem ao máximo o número de pessoas que permanecem junto de cada campa”, refere ainda a nota.

Cadaval: Cemitério municipal aberto no fim de semana, mas com limitações

O Cemitério Municipal do Cadaval vai estar aberto entre sábado e segunda-feira, por ocasião do Dia de Todos os Santos e Dia de Finados, mas com limitações devido à pandemia. Em comunicado, esta autarquia do distrito de Lisboa refere que o máximo de pessoas no seu interior é de 50 e de duas por campa/jazigo, enquanto o tempo de permanência é de no máximo 30 minutos.

Entre outras regras, é obrigatório o uso de máscara, tem de ser cumprida a regra de distanciamento social e é proibido o empréstimo ou troca de utensílios usados na manutenção das campas e jazigos.

Lourinhã: Cemitérios municipais abertos no fim de semana

Os cemitérios municipais da Lourinhã, no distrito de Lisboa, vão estar abertos no fim de semana, mas com lotação limitada e regras excecionais. A autarquia explica que os cemitérios estão limitados ao número de pessoas fixado em legislação, durante o tempo estritamente necessário, havendo um limite de duas pessoas por campa ou jazigo e sendo obrigatório o uso de máscara.

É proibido a utilização de utensílios, equipamentos, materiais de limpeza e casas de banho, assim como a venda de flores e outros artigos nas imediações do cemitério.

Cemitérios em Mafra abertos no fim-de-semana mas com regras

Os cemitérios em Mafra, no distrito de Lisboa, vão estar abertos entre esta quinta e segunda-feira, por ocasião do Dia de Todos os Santos e do Dia de Finados, mas com limitações. A permanência no interior dos cemitérios está condicionada a várias medidas excecionais, entre as quais a lotação máxima de cada cemitério, que, no caso do Cemitério Municipal de Mafra, é de 200 pessoas.

A utilização destes espaços está condicionada à permanência de um máximo de 30 minutos, ao uso de máscara, ao máximo de duas pessoas por campa ou jazigo e ao cumprimento das regras de etiqueta respiratória e de distanciamento física de dois metros entre pessoas. Vigoram ainda outras regras, como a proibição de partilha de equipamentos e materiais de limpeza e a deposição obrigatória dos resíduos nos contentores.

Cemitério de Alcanena com horário alargado em fim de semana de Finados

O cemitério de Alcanena (Santarém) vai estar aberto das 8h às 20h esta sexta-feira, sábado e segunda-feira, sendo o horário alargado até às 22h no domingo, “mediante certas restrições”.

Além do distanciamento físico entre pessoas que não são da mesma família e da obrigatoriedade de uso de máscara e higienização das mãos, é proibida a partilha de equipamentos e materiais de limpeza (baldes, regadores, vassouras, etc.) e serão distribuídos pelo recinto vários contentores de lixo “para a devida deposição dos resíduos, devendo ser utilizados por uma pessoa de cada vez, evitando ajuntamentos junto destes contentores”.

Não será ainda permitida a entrada e a permanência no cemitério a quem apresentar qualquer sintoma de febre, tosse ou dificuldade respiratória, sendo a pessoa aconselhada a dirigir-se para casa e contactar a Linha Saúde 24.

Cartaxo alarga horário dos cemitérios no próximo fim-de-semana

A Câmara do Cartaxo vai manter abertos os cemitérios do concelho de sábado a segunda-feira, tendo decidido alargar o horário (das 8h30 às 18h30), para evitar a concentração de pessoas e garantir o cumprimento das medidas de proteção devido à pandemia.

É feito um apelo para evitar “ajuntamentos que colocam em causa a própria saúde”. A entrada no cemitério estará condicionada a uso de máscara, desinfeção das mão, distanciamento físico, limite de duas pessoas junto de cada campa, no “tempo estritamente necessário”, proibição da partilha de objetos como baldes, regadores, vassouras e outros equipamentos de limpeza e manutenção.

“A permanência de visitantes no cemitério municipal não pode ultrapassar em momento algum 10% da ocupação máxima da área de circulação do cemitério, ou seja, 56 pessoas”, refere a nota, adiantando que as instalações sanitárias permanecem encerradas e que não será permitida a concentração de mais de cinco pessoas no exterior, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar.

Durante a realização de cerimónias fúnebres, apenas será permitida a entrada das entidades religiosas, de familiares (condicionados a um máximo de 20 pessoas) e agentes funerários.

Cemitérios de Loures abertos no Dia de Todos os Santos com regras

Os dois cemitérios municipais do concelho de Loures vão permanecer abertos no dia 1 de novembro, com limite de lotação e de duração de visitas. A autarquia do distrito de Lisboa informa que os cemitérios municipais de Loures e de Camarate estarão abertos ao público no Dia de Todos os Santos entre as 9h30 e as 17h, com controlo de entrada e saída de visitantes, para “cumprir a lotação estipulada”, sendo obrigatório o uso de máscara e desinfeção das mãos.

No cemitério de Loures, a lotação permitida será de 25 pessoas em simultâneo, enquanto no de Camarate será de 50. “Face ao limite de lotação recomenda-se visitas breves, que não excedam os 20 minutos”, aponta a nota. A autarquia informa ainda que, devido à situação pandémica, este ano não se irá realizar a habitual romagem ao cemitério de Loures, por ocasião do Dia dos Fiéis Defuntos, que se assinala no dia 2 de novembro.

Cemitérios do Funchal abertos nos Dia de Finados com regras

Os quatro cemitérios do concelho do Funchal vão estar abertos no domingo, Dia de Finados, mas com limitação do número de entradas, de pessoas de cada família (2) e do tempo de permanência no espaço (20 minutos), anunciou a Câmara Municipal. No quatro cemitérios existentes no concelho foi estabelecido uma lotação máxima, que no caso do de São Martinho é de 50 pessoas de cada vez, no de São Gonçalo 20 visitantes em simultâneo, no de Santo António 15 e no do Monte apenas 10.

A Câmara Municipal salienta que vão ser disponibilizados dispensadores de solução antissética à base de álcool em pontos estratégicos dos cemitérios, de fácil acesso aos utilizadores e colaboradores. “O uso de máscara será obrigatório”, acrescenta, informando que “o percurso de entrada e saída nos cemitérios, bem como o distanciamento social, serão controlados por seguranças-vigilantes e colaboradores camarários”.

A autarquia indica que “as zonas de espera à entrada dos cemitérios também serão controladas e estarão organizadas de forma a evitar filas, garantindo o distanciamento social de dois metros entre as pessoas”.

Castro Verde: Acesso a cemitérios com normas devido à covid-19

A Câmara e as juntas de freguesia de Castro Verde decidiram aplicar normas de acesso aos cemitérios do concelho durante o período de finados e Dia de Todos os Santos. Desde o passado sábado e até ao dia 2 de novembro, o número limite de pessoas em simultâneo no Cemitério de Castro Verde é de 45 e de 25 nos cemitérios das freguesias rurais, precisa o município, referindo que estes limites não se aplicam em caso de ocorrência de funerais.

Segundo o município, a permanência nos espaços deve “decorrer no menor período de tempo possível”, são proibidos ajuntamentos de mais de cinco pessoas e é obrigatório desinfetar as mãos à entrada e usar máscara dentro dos cemitérios, incluindo no interior de instalações sanitárias, capelas e jazigos. Só é permitida a permanência de uma pessoa de cada vez nas capelas, sendo possível depositar flores e outros elementos nas campas, gavetões e jazigos.

Ourique: Cemitérios abertos entre domingo e 3 de novembro com regras

Os cemitérios no concelho de Ourique vão estar abertos no domingo, na segunda e na terça-feira (entre as 8h e as 18h,), mas com regras devido à pandemia de covid-19, como um limite de 20 pessoas em simultâneo e uso obrigatório de máscara no interior..

Além do limite de 20 pessoas em simultâneo e do uso de máscara ou viseira facial, a permanência nas proximidades e no interior dos cemitérios implica também o respeito pelo distanciamento social, para evitar aglomerados, e pelas regras de higiene e etiqueta respiratória.

Cemitérios de Faro abertos a visitas em 31 de outubro e 1 de novembro

Os cemitérios de Faro vão estar abertos nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, mas limitados a um máximo de 50 pessoas em simultâneo com obrigatoriedade do uso de máscara no interior, anunciou o município. Em comunicado, a Câmara de Faro especificou que os espaços vão estar abertos entre as 8h30 e as 17h30, “com limitação de 50 pessoas em simultâneo, em grupos máximos de duas pessoas”.

“O período de permanência no interior deverá ser o mais breve possível, ficando proibida a partilha de utensílios manuais, como pás ou outros equipamentos”, lê-se na nota. As pessoas que decidam prestar homenagem aos entes queridos no período associado ao Dia de Todos os Santos, “ficam obrigadas à desinfeção das mãos com álcool gel, líquido que vai ser disponibilizado pela autarquia através de dispensadores colocados à entrada dos cemitérios.

Nazaré: Cemitério da Pederneira aberto no feriado

O Cemitério da Pederneira, na Nazaré, vai manter-se aberto nos dias 30, 31 de outubro e 1 de novembro, o feriado dedicado aos santos e mártires. A autarquia reforçou algumas medidas de segurança para evitar possíveis ajuntamentos no Dia de Todos os Santos, sendo obrigatório o uso de máscara e a manutenção de uma distância de dois metros.

No cemitério poderão estar um máximo de 50 pessoas em simultâneo, tendo a autarquia definido ainda um máximo 15 pessoas por funeral, um máximo de duas pessoas por campa e uma permanência máxima de 45 minutos. A entrada e saída do cemitério será feita por portões diferentes, os sanitários encontrar-se-ão encerrados, e não será autorizada a venda de flores às entradas do cemitério.

Barcelos: Cemitério municipal fecha no fim-de-semana “dos Santos”

O cemitério municipal de Barcelos vai estar encerrado nos dias 31 de outubro e 1 de novembro. Em comunicado, a Câmara refere que, em contrapartida, o cemitério estará aberto até às 19h entre os dias 26 e 30 de outubro, “de modo a possibilitar a visita a quem não o possa fazer noutro horário”.

A Câmara diz que a decisão de encerramento no fim-de-semana “dos Santos”, em que se assinala o Dia dos Fiéis e o Dia de Todos os Santos, teve por base as tomadas de posição de algumas entidades civis e religiosas.

Câmara de Famalicão fecha cemitério municipal nos dias 31 e 1 de novembro

O cemitério municipal de Vila Nova de Famalicão vai estar encerrado em 31 de outubro e 1 de novembro, por causa da evolução negativa da pandemia, anunciou a Câmara. Para minimizar as consequências da medida e possibilitar o acesso das pessoas, a Câmara vai prolongar o horário de abertura de verão do cemitério municipal até ao dia 8 de novembro, o que significa que pode ser visitado diariamente (com exceção dos dias 31 de outubro e 1 de novembro) entre as 7 e as 20h.

O acesso e a frequência ao espaço estão condicionados à observância das regras de proteção social emanadas pela Direção-Geral da Saúde, sendo obrigatório o uso de máscara, a desinfeção das mãos e o cumprimento do distanciamento social.

Cemitérios de Viana do Castelo abertos com permanência máxima de 30 minutos

Os cemitérios de Viana do Castelo vão estar abertos nos dias 1 e 2 de novembro com limitação de permanência até 30 minutos, lotação definida para cada situação, e sem ajuntamentos com mais de cinco pessoas.

“Foi determinado um despacho conjunto com as indicações sobre a limitação máxima do número de pessoas em cada cemitério (de acordo com a área de cada um), respeitando as orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), não permitindo ajuntamentos de mais de cinco pessoas no interior do cemitério e limitando a permanência das pessoas até um máximo de 30 minutos”.

Daquele plano consta ainda a “obrigatoriedade de utilização de máscara, de controlo de acessos com o apoio da Corpo Nacional de Escutas (CNE) e forças de segurança”. No edital publicado pela freguesia urbana de Areosa, a autarquia limita o acesso ao cemitério a 200 pessoas, em simultâneo. O documento refere ainda “não serem permitidas no cemitério, as celebrações religiosas e de homenagem habitualmente realizadas nos dias 1 e 2 de novembro”.

Fafe: Cemitério municipal aberto em 1 de novembro mas com regras

O cemitério municipal de Fafe estará aberto no dia 01 de novembro para as habituais visitas, mas não serão permitidas celebrações comunitárias, informou a autarquia local. Em comunicado enviado à Lusa, a câmara municipal de Fafe, no distrito de Braga, refere que o espaço manter-se-á aberto nesse dia das 7 às 18h, sendo obrigatório o uso de máscara.

Nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, a Polícia Municipal procederá ao controlo de entradas e saídas do cemitério. Entre os dias 30 de outubro e 2 de novembro, segundo a autarquia, as entradas far-se-ão pelo portão principal de acesso ao patamar superior e as saídas pelos portões laterais, sendo que os visitantes apenas deverão permanecer 45 minutos no recinto do cemitério.

Vila Real condiciona acesso a cemitérios

A Câmara de Vila Real vai condicionar o acesso aos cemitérios no fim-de-semana que inclui o Dia de Todos os Santos (1 de novembro). O período de funcionamento dos cemitérios será das 7h30 às 19h, a entrada estará sujeita a lotação e a permanência não deverá ultrapassar os 30 minutos seguidos, as casas de banho estarão encerradas, é obrigatória a utilização de máscara no interior do cemitério bem como a desinfeção das mãos, é ainda obrigatório o uso de luvas para o manuseamento de baldes, vassouras e outros equipamentos de utilização coletiva e, sempre que possível, será definido um circuito de entrada e saída no respetivo cemitério.

Cemitérios de Oliveira de Azeméis encerrados por altura do Dia dos Fiéis

O cemitério municipal de Oliveira de Azeméis e o de Cucujães, ambos em Oliveira de Azeméis, distrito de Aveiro, vão estar encerrados ao público por altura do Dia dos Fiéis, devido à pandemia.

Amares: Câmara limita acesso a cemitérios entre 29 de outubro e 1 de novembro

A Câmara de Amares anunciou que haverá limitações ao acesso aos cemitérios do concelho entre os dias 29 de outubro e 1 de novembro. A autarquia explica que para efeitos de visita ou asseio das campas e jazigos, o número de acesso é limitado a 30 pessoas em simultâneo, sendo que apenas poderão permanecer duas pessoas por campa ou jazigo, “cumprindo, sempre, as medidas de afastamento e de proteção definidas pela Direção-Geral da Saúde”.

O tempo de permanência da visita ou asseio das respetivas campas/jazigos será restrito a um período máximo de 30 minutos, sendo “obrigatório o uso de máscara e a manutenção de uma distância social superior a dois metros para as pessoas que não vivam no mesmo agregado familiar”, sendo de evitar a aglomeração de pessoas à entrada do cemitério.

Vieira do Minho: Câmara condiciona acesso aos cemitérios nos dias 1 e 2 de novembro

A Câmara de Vieira do Minho decidiu condicionar o acesso aos cemitérios do concelho nos dias 1 e 2 de novembro e “impor medidas suplementares de proteção”, anunciou a autarquia.

Além do acesso condicionado, a autarquia vai ainda impor “obrigatoriedade do uso de máscaras, o condicionamento do número de visitantes” e estabelecer um “limite máximo de permanência de pessoas em função da dimensão do espaço de cada cemitério”.

Vila Pouca de Aguiar: Cemitérios com entradas controladas no Dia de Todos os Santos

A Câmara e juntas de freguesia de Vila Pouca de Aguiar vão controlar as entradas nos cemitérios no fim de semana que engloba o Dia de Todos os Santos, a 1 de novembro, e alertar para o uso de máscara e desinfeção das mãos.

Segundo informou o município, nos dias 31 de outubro e 1 de novembro haverá presença de elementos das freguesias nos respetivos cemitérios para fazer a gestão do espaço e dar cumprimento às orientações da Direção-Geral da Saúde (DGS), designadamente controlo de ocupação, utilização de máscara e medidas de desinfeção.

Cemitério de Portimão com horário alargado e regras asseguradas por segurança privada

O cemitério da cidade de Portimão vai estar aberto entre esta sexta e segunda-feira no período das 8h às 22h, ficando o cumprimento das regras de prevenção da covid-19 asseguradas por segurança privada, anunciou a Câmara Municipal. O cemitério da freguesia de Alvor vai estar aberto no sábado e domingo, entre as 9 e as 18h, enquanto o da freguesia da Mexilhoeira Grande funcionará no fim-de-semana e na segunda-feira, entre as 8 e as 17h30.

Foram criados circuitos de entrada e saída, sendo o acesso ao interior do espaço feito, “unicamente pelo portão principal e a saída por um portão pequeno na zona norte/nascente”, refere a autarquia em comunicado. A circulação nos arruamentos interiores do cemitério deverá ser efetuada pela direita, de modo a garantir o distanciamento.

Os utilizadores do cemitério obrigados à desinfeção das mãos com álcool gel, ao uso obrigatório de máscara e a manterem uma distância de segurança de dois metros entre si. Não é autorizada a presença de mais de duas pessoas em simultâneo no interior do ossário e da capela.

Cemitério municipal da Amadora com acesso controlado no fim de semana

A Câmara da Amadora, no distrito de Lisboa, vai reforçar a segurança do cemitério municipal, entre 31 de outubro e 2 de novembro, funcionando com controlo de entrada e saída de visitantes. A autarquia alerta que o cemitério vai funcionar das 8 às 18h, com frequência limite de 20 minutos e número máximo de duas pessoas por sepultura, ossário e jazigo.

A Câmara Municipal da Amadora acrescenta que poderá estar apenas uma pessoa por gavetão e/ou columbário. Além do uso obrigatório de máscara e desinfeção das mãos, será medida a temperatura aos visitantes à entrada e proibida a partilha de materiais de limpeza. O município adianta ainda que os dois portões laterais vão estar abertos – um para entrar e outro para sair – e deverá ser respeitada a distância física de dois metros entre pessoas, bem como os circuitos de circulação no interior do cemitério.

“A realização de funerais está condicionada à inexistência de aglomeração de pessoas, permitindo-se a presença apenas do cônjuge ou unido de facto, ascendentes, descendentes, parentes ou afins”, alerta a autarquia.

Cemitérios de Évora abertos no fim-de-semana mas com lotação limitada

Os dois cemitérios da cidade de Évora vão estar abertos entre sábado e segunda-feira, mas com várias regras, como um máximo de 80 pessoas em simultâneo em cada um. “Recomenda-se que o bom senso prevaleça e que a duração da visita ao cemitério tenha o tempo estritamente necessário à homenagem e/ou oração junto dos seus entes queridos, fixando-se um máximo de 30 minutos por visitante”, determinou o município.

Para este período entre sábado e segunda-feira, que engloba os dias de Finados e dos Fiéis Defuntos, o horário de funcionamento dos dois cemitérios urbanos deste concelho alentejano foi alargado e vai ser ininterrupto, “entre as 8h e as 17h, por forma a facilitar uma maior fluidez das visitas”. O encerramento das casas de banho e a proibição de ajuntamentos de mais de cinco pessoas, exceto se forem coabitantes, no interior e nas imediações dos cemitérios, são outras das medidas adotadas.

O uso obrigatório de máscara facial, o afastamento físico de dois metros (exceto para coabitantes), o cumprimento da etiqueta respiratória ou a desinfeção das mãos à entrada e à saída dos cemitérios, que vão ter circuitos diferenciados de entrada e saída, são regras básicas de segurança em vigor. A autarquia informou ainda que deve ser evitada a partilha de materiais e utensílios de limpeza das campas e jazigos, e que os visitantes com sintomatologia compatível com a covid-19 não se devem deslocar ao cemitério.

No que toca aos cemitérios rurais do concelho de Évora, o município esclareceu que “compete a cada junta de freguesia decidir da abertura ou não” desses espaços. Se as juntas de freguesia optarem por abrir esses cemitérios, “recomendamos uma lotação de 20 pessoas em simultâneo, utilizando as mesmas regras sanitárias que estão propostas para os urbanos”, decidiu a câmara municipal.

*com Lusa

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...