Covid-19: Risco de transmissão (Rt) atingiu valor mais baixo de 0,61 em meados de fevereiro

O Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA), atualizou esta sexta-feira o relatório sobre a evolução do número de casos de Covid-19′ em Portugal, estimando que o valor mais baixo do Risco de transmissão (Rt), 0,61, tenha sido atingido em meados de fevereiro.

Segundo o documento, «entre o dia 18.01.2021 e 11.02.2021 observou-se uma redução acentuada do Rt de 1,16 para 0,61. Este resultado representa uma tendência decrescente da incidência de SARS-CoV-2 em Portugal».

«Desde o dia 11.02.2021 que se observa um estabilizar do R(t) com um ligeiro aumento, de 0,61 para 0,73 (28.02.2021), o que sugere um desacelerar da tendência de decrescimento da incidência de SARS-CoV-2», acrescenta o organismo.

O INSA revela ainda que « o valor médio do R(t) para os dias de 24-02-2021 a 28-02-2021 foi de 0,71, podendo o seu verdadeiro valor variar entre 0,70 e 0,72 com uma confiança de 95%. Os resultados indicam uma tendência decrescente de novos casos ao nível nacional e em todas as regiões com exceção da Região Autónoma da Madeira e da Região Autónoma dos Açores».

«Todas das regiões do país apresentam a média do índice de transmissibilidade (5 dias) abaixo de 1, com exceção da Região Autónoma da Madeira e da Região Autónoma dos Açores, sugerindo um claro decréscimo da incidência de SARS-CoV-2», pode ler-se no relatório.

Adicionalmente, o INSA indica que «Portugal apresenta a taxa de notificação acumulada de 14 dias entre 120 e 239,9 100.000 habitantes» e R(t) abaixo de 1, «ou seja, taxa de notificação elevada e com tendência decrescente».

Ler Mais

Artigos relacionados
Comentários
Loading...