Covid-19: Português infetado não vai ser repatriado antes de receber tratamento

A mulher do português infetado com coronavírus e que está num navio em quarentena ao largo de Yokohama, no Japão, falou este domingo à TVI e confessou que “continua receosa” pelo marido, apesar do apoio que está a receber das autoridades portuguesas. E confirmou que Adriano Maranhão, o português doente, terá de receber tratamento no Japão antes de ser repatriado. “As autoridades portuguesas já me disseram que não vão trazê-lo”, confirmou.

Uma situação que a mulher lamenta porque, diz,  ele “neste momento, não está entregue a ninguém”, perante a falta de resposta das autoridades japonesas. Só são retirados de imediato do navio em quarentena os doentes com sintomas, e não é esse o caso do português.

Emanuelle Maranhão revela ainda não ter recebido qualquer contacto da empresa proprietária do navio, que deveria já ter acionado um protocolo para tratamento do português doente, que continua “retido na cabine”.

As autoridade japonesas confirmaram este domingo que o português Adriano Maranhão, canalizador no navio Diamond Princess, atracado no porto de Yokohama, teve teste positivo para coronavírus Covid-19, disse à Lusa fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Foi confirmado pelas autoridades de saúde japonesas que a pessoa em causa deu teste positivo. A família está informada, assim como o próprio”, revela fonte do Ministério dos Negócios Estrangeiros numa nota enviada à agência Lusa.

De acordo com a mesma fonte, o ministério está a “insistir junto das autoridades locais para que se proceda à sua transferência para o hospital de referência”, no Japão.

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações