Covid-19 «não se transmite facilmente» a partir de animais ou superfícies, segundo especialistas

O Centro de Prevenção de Controlo de Doenças dos Estados Unidos (CCD , sigla em inglês) revelou que o novo coronavírus se transmite sobretudo de pessoa para pessoa e não facilmente através de animais ou superfícies contaminadas, segundo uma actualização que o organismo publicou no seu site, intitulada «Como o coronavírus se transmite», citada pelo ‘The Washington Post’.

A orientação vem agora afirmar que «o vírus que causa a Covid-19 se espalha entre as pessoas, de forma fácil e sustentada». Para além disso o CDC explica que tocar em objectos ou superfícies contaminadas não aparenta ser uma fonte significativa de transmissão. O mesmo vale para a exposição a animais infectados com o vírus.

A porta-voz do organismo, Kristen Nordlund, disse na quinta-feira que estas declarações resultaram de uma «revisão interna e de testes realizados ao vírus», acrescentando que «o nosso método de transmissão não mudou», disse Nordlund. «A Covid-19 transmite-se sobretudo através do contacto próximo de pessoa para pessoa».

O vírus viaja através das gotículas que uma pessoa produz quando fala ou tosse, segundo o CDC. Um indivíduo não precisa de se sentir doente ou apresentar sintomas para transmitir o vírus.

«O contacto directo com as pessoas oferece uma maior probabilidade de infecção. Estar perto de uma pessoa infectada é mais perigoso do que aceitar um jornal, ou uma encomenda», disse o virologista Vincent Munster, do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas.

Angela L. Rasmussen, virologista da Escola de Saúde Pública da Columbia University Mailman, considera que:  «Um problema persistente nesta pandemia tem sido a falta de mensagens claras da liderança governamental, e este é outro exemplo infeliz dessa tendência», disse Rasmussen. «Pode até ter um efeito prejudicial na higiene das mãos e incentivar um relaxamento do distanciamento físico ou outras medidas», referiu.

Rasmussen disse que estas normas não vão alterar os seus hábitos. «Eu lavo as minhas mãos depois de mexer em objectos e limpo as superfícies com desinfectante», disse. «Na minha opinião, é tudo o que é necessário para reduzir o risco».

Ler Mais
pub

Artigos relacionados
Comentários
Loading...