Covid-19: Milhares de vacinas estão a ser desperdiçadas em Espanha porque faltam seringas adequadas

Em Espanha, comunidades autónomas como Catalunha e Madrid estão a desperdiçar milhares de doses da vacina contra a covid-19 da Pfizer/ BioNTech ao não aplicarem a sexta dose contida nos frascos, porque faltam as seringas certas.

No dia 8 de janeiro, a Agência Europeia do Medicamento autorizou uma alteração às doses da vacina, que foi incluída no rótulo do medicamento, apontando que as cinco doses iniciais contidas em cada frasco tornaram-se oficialmente seis. Ou seja, com um frasco passou a ser possível aplicar a vacina a seis pessoas, em vez de apenas cinco.

No entanto, a mudança não tem sido aproveitada por várias comunidades espanholas, que estão a desperdiçar milhares de injeções que poderiam imunizar mais pessoas.

Segundo o El País, a direção do Ministro da Saúde da Andaluzia atribuiu o que aconteceu a um “défice de seringas de 0,1 milímetros” – as que eram normalmente utilizadas para injetar insulina ou para fins pediátricos – que agora se comprometeu a corrigir.

A quantidade aproximada de doses desperdiçadas é impossível de calcular com os dados oferecidos pelas comunidades. A Catalunha admite que só está a utilizar a sexta injeção em “dois terços” dos frascos, como reconheceu na quarta-feira passada a responsável pela vacinação da Generalitat, Carmen Cabezas.

Uma situação semelhante está a acontecer em Madrid, que na quinta-feira anunciou a compra de 280.000 seringas adequadas para aproveitar a sexta dose. A Comunidade de Madrid assegura que “na maioria dos casos” consegue tirar partido da sexta dose, embora ofereça pouca informação adicional.

Aragon, que adquiriu 1,87 milhões de seringas em setembro, diz que consegue utilizar “100% das primeiras cinco doses de cada embalagem e 81% da sexta, o que corresponde a 97% do total”. Castilla-La Mancha coloca essa percentagem em 90%.

Já as Astúrias, Castela e Leão, e o País Basco recusaram-se a dar informações sobre a sexta dose nos seus sistemas de saúde. Em contraste, o resto das comunidades dizem que a utilização da sexta dose é quase generalizada nos seus territórios.

Ler Mais

Comentários
Loading...