Covid-19. Marcelo vê “sinais” positivos: contágio terá abrandado com fecho das escolas

Para o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa há “sinais dos efeitos” do encerramento das escolas, nos números divulgados esta quinta-feira, pela Direção-Geral de Saúde, sobre a evolução dos casos de Covid-19 em Portugal.

Em seu entender, “há uma descida na curva de crescimento, a curva afastou-se da que era expectável e da de outros países, não é de 40%, nem de 30%. Veremos se é constante ou não, nos próximos tempos”.

O Presidente da República afirmou ainda que é necessário que Portugal “tenha uma posição muito clara” sobre os apoios da União Europeia para contrariar a crise pós-pandemia há outros países que “têm uma visão muito rígida”.

 “A posição portuguesa é muito clara, há países que têm uma visão muito rígida sobre esta matéria. Como é preciso unanimidade, este é um problema que tem sido enfrentado”, afirmou Marcelo Rebelo de Sousa sobre as medidas de apoio aos países-membro.

 “Portugal é muito claro quanto a isso, o primeiro-ministro português e vários europeus definiram uma posição. A Europa devia decidir rapidamente, ser ambiciosas na decisão e nos empréstimos, de cada estado não estar travado por regras respeitantes a défice, mas também ser ambiciosa em termos de emissão de divida conjunta da UE”, notou o Presidente da República.

Quanto ao isolamento e medidas de quarentena, Marcelo é peremtório: “Não percebemos a hesitação. Há países que têm uma posição muito rígida sobre esta matéria.”

Cancelamento das celebrações do Dia de Portugal

O Presidente explicou também aos jornalistas o que levou ao cancelamento das cerimónias do 10 de Junho que estavam previstas para os Açores. “Neste momento era insensato avançar com uma organização que envolvesse centenas de pessoas. Haverá cerimónia em Lisboa, mas com as devidas precauções”.

Ainda assim, Marcelo Rebelo de Sousa deixou a sugestão de que as celebrações do 10 de Junho de 2021 aconteçam na Madeira e, em simultâneo, na África do Sul. Contudo, não adiantou se será o Presidente da República nesta altura, evitando, uma vez mais, anunciar se será candidato às presidenciais.

Ler Mais
Artigos relacionados

Exclusivo MIT - Massachusetts Institute of Technology

Dormir. Factor determinante no desempenho profissional?

Pesquisas mostram que a falta de sono tem várias consequências que podem afectar negativamente o desempenho profissional. Então por que razão tantos locais de trabalho modernos condenam práticas que não ajudam a bons horários de sono?
Comentários
Loading...

Multipublicações