Covid-19: Madeira é a única região com índice de transmissão acima de 1, diz INSA

A Madeira é agora a única região portuguesa com um índice de transmissão (o chamado Rt) acima de 1, todas as outras estão abaixo. A conclusão de acordo com o último relatório do Instituto Nacional Ricardo Jorge (INSA), hoje publicado.

“Todas as regiões do país apresentam a média do índice de transmissibilidade (5 dias) igual ou inferior de 1, exceto a Região Autónoma da Madeira”, pode ler-se no documento.

O organismo, que todas as semanas analisa a evolução da curva epidémica e dos parâmetros de transmissibilidade da Covid-19 em Portugal, adianta que o facto de só esta região ter um Rt acima de 1, sugere “um decréscimo da incidência” a nível regional.

Assim, segundo o INSA, estima-se que o valor médio do Rt entre os dias de 21 e 25 de abril se fixem em 0,98, podendo o seu verdadeiro valor estar entre 0,96 e 0,99 com uma confiança de 95%. Foram ainda estimados os seguintes valores de R(t): 1,00 no Norte, 1,00 no Centro, 0,96 em Lisboa e Vale do Tejo, 0,96 no Alentejo, 0,89 no Algarve, 0,87 na região autónoma dos Açores e 1,04 na região autónoma da Madeira”.

Face à semana passada, a transmissibilidade desceu em todas as regiões, exceto no Centro, que anteriormente tinha um Rt de 0,92 e nos Açores, onde o Rt se fixava em 0,87. No geral, os valores mostram uma melhoria.

O INSA adianta ainda que “Portugal apresenta a taxa de notificação acumulada de 14 dias entre 60 e 119,9 100.000 habitantes e R(t) inferior 1, ou seja, taxa de notificação moderada e com tendência decrescente”.

“Entre os dias 9 e 25 de abril observou-se uma redução acentuada do R(t), tendo passado de 1,08 para 0,96 indicando uma tendência decrescente da incidência de SARS-CoV-2”, conclui o organismo no relatório de hoje.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.