pub

Covid-19: Itália bate novo recorde com mais 26.831 infetados, Espanha regista 23.580 novas infeções e o Reino Unido ultrapassa os 23 mil

Estes são os números das últimas 24 horas relativamente à situação provocada pela covid-19 em Espanha, Itália e Reino Unido.

Itália

A Itália registou 26.831 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, um recorde que coincide com o maior número de testes realizados, e 217 óbitos, segundo o boletim de hoje do Ministério da Saúde.

Este é o maior aumento de contágios que eleva o total de infetados para 616.595 desde início da crise sanitária em Itália, no final de fevereiro, mas agora são realizados muitos mais exames de diagnóstico do que naquela altura, com mais de 200.000 feitos pela primeira vez.

O número de 217 mortes é o segundo maior desde meados de maio, na terça-feira foram 221, e isso significa que as fatalidades em Itália provocadas pelo vírus são 38.122 desde fevereiro.

Os pacientes com covid-19 continuam a aumentar e são atualmente quase 300.000 pessoas infetadas, a grande maioria isolada nas suas casas com sintomas leves ou sem sintomas.

A situação hospitalar preocupa porque a pressão não para, com um aumento de internamentos de 1.098 nas últimas 24 horas, para um total de 17.615, das quais 1.651 estão em unidades de cuidados intensivos, mais 115 do que na quarta-feira.

A região mais afetada continua a ser a Lombardia, que soma 7.339 novos casos, a maioria na capital Milão e Monza, seguida pela região da Campânia, com 3.103, e Piemonte, 2.585.

Espanha

Espanha registou esta quinta-feira 23.580 novos casos de covid-19, um novo máximo desde o início da pandemia, elevando para 1.160.083 o total de infetados no país, segundo números divulgados pelo Ministério da Saúde espanhol. As autoridades sanitárias também contabilizaram mais 173 mortes atribuídas à covid-19, passando o total de óbitos para 35.639.

Deram entrada nos hospitais com a doença nas últimas 24 horas 2.349 pessoas, das quais 443 na Catalunha, o mesmo número na Andaluzia, e 330 em Madrid. Em todo o país há 17.520 pessoas hospitalizadas com a doença, das quais 2.404 pacientes em unidades de cuidados intensivos.

O nível de incidência acumulada em Espanha subiu hoje para 468 casos diagnosticados por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias, sendo as regiões com os níveis mais elevados a de Navarra (1.172), Melilla (1.290), Aragão (984), Rioja (736), Castela e Leão (735), Catalunha (681), Ceuta (653) e País Basco (554).

O parlamento espanhol aprovou hoje a prorrogação do estado de emergência para lutar contra a pandemia de covid-19 durante seis meses, até 09 de maio de 2021.

Reino Unido

O Reino Unido registou 280 mortes atribuídas à covid-19 nas últimas 24 horas, uma descida depois de dois dias consecutivos acima de 300, e 23.065 novas infeções, informou o ministério da Saúde britânico.

Na quarta-feira tinham sido registadas 310 mortes e 24.701 novos casos de infeção, mas os números no início da semana podem ser inflacionados pelo atraso no processamento dos dados durante o fim de semana.

Nos últimos sete dias morreram no Reino Unido 1.608 pessoas vítimas de covid-19, uma média de 230 por dia, o que representa um aumento de 53% relativamente aos sete dias anteriores.

O total desde o início da pandemia de covid-19 no Reino Unido é agora de 965.340 contágios confirmados e de a 45.955 óbitos registados num período de 28 dias após as vítimas terem recebido um teste positivo.

A taxa de infeção nacional é atualmente de 226 casos por 100 mil habitantes e média dos últimos sete dias é de 1.223 pessoas admitidas por dia no hospital.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...