Covid-19: Farmacêutica relata avanços de tratamento com anticorpos

A farmacêutica norte-americana, Eli Lilly and Company, anunciou dados provisórios dos seus testes ao tratamento com anticorpos à Covid-19, que mostraram avanços positivos na neutralização da doença viral, de acordo com a imprensa internacional.

O estudo envolveu pacientes com Covid-19 em estado ligeiro a moderado, que tinham sido diagnosticados recentemente e receberam placebo de 700 mg, 2.800 mg e 7.000 mg dos anticorpos em testes.

O primeiro avanço do ensaio foi uma redução significativa da carga viral com a administração da dose de 2.800 mg, com a maioria dos pacientes a mostrar-se totalmente livre do vírus.

A análise dos dados mostrou que o anticorpo, LY-COV555, melhorou a «destruição» viral por volta do terceiro dia e diminuiu a percentagem de pacientes que apresentavam cargas virais persistentemente elevadas.

«Estes dados provisórios do ensaio BLAZE-1 sugerem que o LY-CoV555, um anticorpo dirigido especificamente contra SARS-CoV-2, tem um efeito antiviral directo e pode reduzir os internamentos relacionados com a Covid-19», disse Daniel Skovronsky, director científico da Lilly e presidente do Lilly Research Laboratories. «Os resultados reforçam a nossa convicção de que os anticorpos neutralizantes podem ajudar na luta contra a doença», acrescentou.

A empresa observa que a maioria dos pacientes hospitalizados no estudo eram pessoas com factores de risco associados, nomeadamente idade ou Índice de Massa Corporal (IMC), «sugerindo um efeito de tratamento mais pronunciado para pacientes nesses grupos de alto risco».

Nenhum paciente no estudo evoluiu para ventilação mecânica ou morreu.O composto foi bem tolerado, sem eventos adversos graves relatados.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...