Covid-19: Europa entra na segunda vaga. Eis a situação atual em alguns países

A generalidade dos países da Europa está a registar um ressurgimento de casos da Covid-19, depois de conseguir reduzir com sucesso os surtos verificados no início do ano. Mas quão forte foi o regresso do vírus?

Segundo a Euronews, que cita dados do Centro Europeu de Controlo e Prevenção de Doenças (ECDC, na sigla em inglês), alguns países, nomeadamente Albânia, Bulgária, República Checa, Montenegro e Macedónia do Norte registaram números de casos mais elevados em Agosto do que no início do ano, quando começou a pandemia.

Outros como Bélgica, Itália e Reino Unido, dos países mais afectados da Europa, estão a assistir a um ressurgimento da doença, mas, pelo menos até agora, nada como em Março e Abril. Dos três, os números do Reino Unido parecem ser os mais preocupantes, depois de atingir os 3.539 casos diários no sábado.

França e Áustria já confirmaram uma segunda vaga. Polónia, Holanda e Espanha provavelmente estão por dias e começam a tomar medidas para contê-la. França, por exemplo, declarou 10.561 novos casos a 12 de Setembro, o maior número já registado. E Espanha contabilizou hoje 9.437 novos casos de covid-19.

Em Portugal os números também estão a aumentar substancialmente, atingindo já valores não vistos desde há quatro meses. A passada sexta-feira foi o dia com maior número de novas infecções, contabilizando 687 casos, um valor não registado desde 16 de Abril. Contudo, a directora geral da saúde, Graça Freitas, indica que apesar do aumento de casos, «nunca tivemos sem infecções», houve sempre um registo. «Só daqui a uns dias é que perceberemos se a tendência de aumento se mantém e se estamos realmente numa segunda vaga».

A Euronews ressalva ainda que alguns dos picos de casos podem ser derivados de um maior número de testes realizados, visto que muitos países não tinham um volume de capacidade de testagem tão elevado no início do ano.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 929 mil mortos e infectou mais de 29,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal contabilizaram-se hoje mais quatro mortos relacionados com a covid-19 e 425 novos casos de infecção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direcção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal já registou 1.875 mortes e 65.021 casos de infecção.

Ler Mais
pub

Comentários
Loading...